Seja bem vindo! Salvador, 30 de Maio de 2016
   

Vídeo mostra Aécio Neves sendo hostilizado em praia do Rio de Janeiro

Renan, o senhor dos anéis, deve cair
reage Delcídio







16/01/2016
Paula Monteiro - Feira de Santana
Quero ver com J. Wagner ira escapar da delação de Cervero!
16/01/2016
Marcio Freitas - Salvador - Ba
Dilma, achando pouco o desemprego quer que a gente pague também, a CPMF.
13/11/2015
Vinícios Medrado - Porto Seguro -Ba
Sei não... Acho que foi bom ter chovido!Acho que seria igual a cacetada da Alemanha!E a resenha com a Argentina, seria pior!!Maradona não perdoa!!kkkkk
13/11/2015
Vanessa Santos - Salvador - BA
Cunha, se toca!!!Assume que o dinheiro é seu e faz uma favor p gente...Caia fora!!
13/11/2015
Paulo Gomes - Feira de santana - Ba
A solução é alugar o Brasil...Já dizia Raul!
Carolina implora perdão de Eliza

 Carolina (Juliana Paes) fica sem chão ao saber que o pedido de adoção de Gabriel (Ícaro Zulu) foi negado. E é justamente por esse amor que a toda poderosa procura Eliza (Marina Ruy Barbosa) novamente. A editora de moda implora o perdão da ruiva e pede para que ela desista do processo por conta das fotos no Uruguai. “Eu me ajoelho, rastejo, faço o que você quiser. Mas retira sua queixa contra mim”, suplica Carol. Eliza, que estava com cara de poucos amigos, acaba percebendo o desespero da ex-rival e fica comovida.

Como matemático inventou há mais de 150 anos a fórmula das buscas no Google

Cada vez que você faz uma busca simples no Google ou em qualquer outro buscador informático, entre os mecanismos de programação que permitem encontrar o que procura há princípios de lógica que foram concebidos há mais de 150 anos. 

 
 
29/05 - 13:02


O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), recebeu Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no Jaburu na noite de ontem. De acordo com a assessoria de Temer, a reunião foi agendada para tratar do orçamento do TSE. O presidente em exercício não tem agenda pública neste domingo. Mendes, que foi advogado-geral da União durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e é abertamente crítico do governo PT, é o relator no TSE do processo que analisa as contas da campanha e pode levar à cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer. Além disso, o ministro também vai assumir, na próxima terça-feira, 31, a presidência da Segunda Turma do STF, que é responsável pela maior parte dos inquéritos que investigam políticos na Operação Lava Jato. De acordo com a assessoria do presidente em exercício, Temer, que voltou de São Paulo ontem, vai permanecerá na capital federal neste domingo.

 
29/05 - 12:57


Moradores, trabalhadores e estudantes do distrito de Brejinho das Ametistas, em Caetité, no Sudoeste da Bahia, já podem trafegar com conforto e segurança pelos quase 24 quilômetros da BA-611, que liga a localidade à BR-030. Em visita à região neste sábado (28), o governador Rui Costa entregou ainda oito viaturas para a Polícia Militar (PM), que vão beneficiar também Bom Jesus da Lapa, Macaúbas e Santa Maria da Vitória, um novo pavilhão da 94ª Companhia Independente da PM e equipamentos de câmera e videomonitoramento. Outras entregas do Governo do Estado na ocasião são uma unidade do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em Caetité, que vai atender aos motoristas e proprietários de veículos de diversos municípios da região, 60 barracas de feira livre, além de seis motos, um trator e 122 títulos de terras para moradores e agricultores de Brejinho das Ametistas. Rui também participou da inauguração do mercado municipal e visitou a Unidade de Educação Infantil Maria Aparecida Santos Borges. Na ocasião, Rui informou que o investimento na recuperação da BA-611 foi de R$ 11 milhões, para melhorar o tráfego na região. “Nos próximos dias vamos assinar um contrato com o Banco Mundial, para fazer um empréstimo de mais US$ R$ 200 milhões, que serão investidos em mais estradas. A Bahia, como o Brasil, está passando por uma fase de dificuldades e esse empréstimo vem em boa hora para que possamos fazer obras como essa em outras cidades.

 
28/05 - 13:29

Na última sexta-feira (27), divulgaram o resultado de uma pesquisa relativa à preferência dos eleitores entre os pré-candidatos à prefeitura da cidade de Fátima, no agreste baiano, assinado pelo deputado Luciano Simões Filho. A suposta sondagem foi publicada através de uma montagem, simulando o perfil do parlamentar na rede social Facebook. O deputado Luciano Simões Filho afirma que não divulgou nenhum tipo de pesquisa sobre a corrida dos prefeituráveis na cidade. Segundo o deputado, a montagem que está sendo compartilhada nas redes sociais trata-se de uma invenção para desestabilizar a política local.
 
28/05 - 13:27

 Policiais militares do Grupo de Ações Táticas realizam neste sábado (28) uma grande operação na comunidade São José Operário, conhecido como morro da Barão, na Praça Seca, zona oeste do Rio. O objetivo é identificar e capturar criminosos que participaram do estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos no fim de semana passado. Houve tiroteio e, até agora, um suspeito foi detido. De acordo com a PM, 70 agentes de sete batalhões participam da operação, com apoio de helicóptero, veículos blindados e do Batalhão de Ação com Cães (BAC). Além de capturar os agressores, a ação visa a "dar maior sensação de segurança à população", diz a corporação em nota. O morro da Barão é o local onde a adolescente foi estuprada por 33 homens, segundo o depoimento da própria jovem à polícia. Ontem, a Polícia Civil já havia realizado uma operação para cercar a casa onde teria ocorrido o crime e realizar a perícia do local. Na entrada dos policiais na comunidade durante a operação desta manhã, não houve resistência, de acordo com a PM. Porém, no ponto alto do morro, próximo à mata, alguns criminosos dispararam contra os agentes, e houve "breve confronto", sem feridos.
 
28/05 - 13:24

 Duas mulheres foram presas em São Paulo acusadas de torturar e agredir uma adolescente de 15 anos e ainda arrastá-la nua, pelos cabelos, por uma rua da comunidade onde moram na Zona Sul. As agressoras filmaram a tortura e divulgaram o vídeo pelas redes sociais, principalmente WhatsApp. O caso aconteceu há um mês. A menina, traumatizada, só pensa em ir embora do lugar onde mora. “Eu não quero morar mais aqui”, disse a adolescente em entrevista ao G1. “Quero ir para um lugar bem longe, com minha avó, com meu pai”. Ela mora em uma casa humilde com a avó, a tia e o pai. A avó dela pretende recorrer à Justiça para pedir que as mulheres acusadas de torturar sua neta a indenizem por danos morais. “Eu quero Justiça. E quero que indenize minha neta”, falou.
 
28/05 - 11:39


Um balanço do Ministério da Saúde aponta que cinco estados brasileiros não conseguiram alcançar a meta de vacinar pelo menos 80% do público-alvo. Nacionalmente, se alcançou 92% da cobertura, imunizando 45,7 milhões de pessoas. A campanha nacional terminou no dia 20 de maio, porém, o ministério recomendou que os estados que não atingiram a meta continuassem imunizando. O Acre vacinou 73,9%; Roraima, 75,4%; o Piauí, 74,1%; o Rio Grande do Norte, 78,3%; e Mato Groso, 76,8% dos grupos prioritários indicados pelo governo brasileiro com base na indicação da Organização Mundial da Saúde. O Distrito Federal vacinou quase 100% do público alvo, seguido pelos estados de São Paulo e do Espírito Santo, Paraná e de Santa Catarina e Rondônia. Outros estados que tiveram cobertura acima da meta de 80% foram: Amazonas (84,2%); Pará (83,3%); Amapá (88,8%); Tocantins (85,3%); Maranhão (82,3%); Ceará (83,6%); Paraíba (87,2%); Pernambuco (85,8%); Alagoas (88,7%); Sergipe (85,9%); Bahia (83,5%); Minas Gerais (89,4%); Rio de Janeiro (85,6%); Rio Grande do Sul (89,3%); Mato Grosso do Sul (85%) e Goiás (88,5%). Entre os grupos prioritários para a vacinação, os trabalhadores da saúde mantiveram desde o começo a maior cobertura, com 4,3 milhões de doses aplicadas. Em seguida, estão as puérperas, com 361,9 mil vacinadas (98,6%); os idosos, com 19,1 milhões de imunizados (91,7%); as crianças de 6 meses até 5 anos incompletos, com 10,4 milhões (81,4%) e 1,5 milhão de gestantes (71,2%). A população indígena também foi vacinada, com 480,1 mil doses aplicadas. Também foram aplicadas 366,6 mil doses na população privada de liberdade e trabalhadores do sistema prisional. O Brasil registrou até o dia 14 deste mês 3501 casos de todos os tipos de gripes no Brasil. Deste total, 2.988 foram por influenza A (H1N1), com 588 óbitos. A Região Sudeste concentra o maior número de casos (1.604) de influenza A H1N1, dos quais 1.394 no estado de São Paulo. A Bahia registrou 77 casos, com 17 mortes.

 
28/05 - 11:37


Criminosos armados explodiram um carro-forte e roubaram o dinheiro que estava no veículo na manhã da sexta-feira (27), na BR-116. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o crime ocorreu por volta das 10h30 no trecho da via entre os municípios de Araci e Tucano, no nordeste baiano. Os criminosos estavam em um veículo e alvejaram o carro-forte até que ele parasse. Os seguranças fugiram e os criminosos explodiram o veículo no meio da pista, levando o dinheiro. O veículo ficou destruído. Ninguém ficou ferido na ação. A PRF não soube informar a quantidade roubada.

 
28/05 - 11:35

 Os fãs de Johnny Depp devem ficar chocados após a revelação bombástica que sua atual esposa, a atriz Amber Heard, fez nexta sexta-feira (27). Em foto divulgada na imprensa internacional, Amber aparece com o rosto roxo e acusa o astro de Piratas do Caribe de tê-la agredido fisicamente. O incidente teria provocado inclusive o súbito pedido de divórcio da atriz e provocado inúmeras complicações jurídicas e financeiras para Johnny Depp dentre elas uma ordem de restrição que impede o astro de se aproximar de Amber e a divisão interina de seus bens, avaliados em mais de 1 bilhão e meio de reais. A agressão de Johnny Depp a Amber teria acontecido na noite de sábado (20/06) e a foto tirada com seu rosto apresentando hematomas em torno de seu olho teria sido tirada logo em seguida, segundo documentos assinados pela própria atriz quando prestou queixa à polícia. No documento, Amber afirma ainda que Johnny Depp quebrou seu iPhone em seu rosto. Ainda sobre o episódio, a atriz contou às autoridades que Johnny quebrou vários objetos no apartamento. Ela então ligou para uma amiga pedindo socorro e e gritando “Chame a polícia!”. Sua amiga ligou então para o 911 e os policiais chegaram à residência do casal.
 
28/05 - 11:33

Uma jovem de 17 anos foi drogada e estuprada por cinco homens no município de Bom Jesus, a 635 km ao sul de Teresina, na sexta-feira da semana passada. A vítima foi encontrada seminua e amordaçada com a própria roupa em uma construção no centro da cidade. O crime foi praticado por um jovem de 18 anos e quatro menores, com idades entre 15 e 17 anos, que foram apreendidos. Ontem, o juiz de Bom Jesus, Heliomar Rios Ferreira, determinou a soltura dos quatro jovens. A garota foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Bom Jesus, onde foi feito exame de corpo de delito. A vítima chegou a ficar em coma induzido durante a recuperação. Em depoimento à polícia, os adolescentes negam participação no estupro e confirmam que o jovem de 18 anos manteve relações sexuais com a menor. O rapaz de 18 anos confessou que teve relações sexuais, mas negou o uso de violência. Ele continua preso.

Estadão Conteúdo

 
28/05 - 11:23


Praticamente convencido de que o PCdoB não arredará pé na decisão de lançar a candidatura da deputada federal Alice Portugal à Prefeitura de Salvador, o PT passou a trabalhar com dois cenários para a sucessão municipal na capital baiana: apresentar candidato próprio ou apoiar a candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB) às eleições municipais. O PT tem entre seus pré-candidatos o vereador Gilmar Santiago, o deputado federal Valmir Assunção e o ex-ministro Juca Ferreira, nome preferido do ex-governador e ex-ministro Jaques Wagner que, entre os três, reúne hoje as melhores condições de se viabilizar como candidato internamente. Para evitar uma divisão no grupo de oposição ao prefeito ACM Neto (DEM), os petistas chegaram a fazer uma sugestão ao PCdoB. Para obter o apoio do PT, os comunistas trocariam a candidatura de Alice pela da ex-vereadora Olívia Santana, o que o PCdoB não aceita. A proposta obedeceria a avaliação que os petistas fazem com base numa pesquisa qualitativa que, segundo eles, teria apontado que o potencial de crescimento de Olívia é muito maior do que o da deputada federal.

 
28/05 - 11:21


O secretário da Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, afirmou nessa sexta-feira, 27, que ainda falta “detalhe jurídico” para pedir a prisão preventiva dos homens suspeitos de estuprar uma jovem de 16 anos no Morro da Barão, zona oeste da cidade. Ele falou ao lado do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, que foi ao Rio acompanhar as investigações e colocou a Polícia Federal à disposição para ajudar na busca dos envolvidos. Tanto a jovem quanto o principal acusado pelo crime prestaram depoimento à polícia. “Se ele (o delegado que comanda as investigações) ainda não fez (o pedido de prisão), pode ter certeza de que ainda não conseguiu subsídios suficientes para isso. Se isso não foi feito, algum detalhe faltou. Mesmo assim, para que se peça a prisão preventiva, ela tem de ser bem fundamentada”, disse Beltrame. O secretário ainda admitiu que a falta de pedido de prisão pode permitir a fuga dos suspeitos.

Estadão Conteúdo

 
28/05 - 09:29


Resolução publicada ontem pelo Contran estabelece nova data para padronização das placas de veículos em circulação no Brasil: até 2020, todas deverão ser identificadas no padrão do Mercosul. Para os carros zero-quilômetro, a norma vale a partir de 2017. A nova placa tem fundo branco com a margem superior azul, contendo ao lado esquerdo o logotipo do Mercosul, ao lado direito a bandeira brasileira e, ao centro, o nome Brasil.

Estadão Conteúdo

 
27/05 - 11:03


A adolescente de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo em uma comunidade da Zona Oeste do Rio voltou a fazer um desabafo nas redes sociais. Diante de tantas mensagens de apoio e solidariedade, a jovem acrescentou a mensagem: "Todas podemos um dia passa e por isso .. Não, não doi o útero e sim a alma por existirem pessoas cruéis sendo impunes !! Obrigada ao apoio", disse a menina, que na manhã desta sexta (27) também aderiu à campanha na rede social pelo "fim da cultura do estupro". Na noite desta quinta (26), ela já havia feito um agradecimento na internet. “Venho comunicar que roubaram meu telefone e obrigada pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal”. De acordo com relatos da vítima, 33 homens armados teriam participado do crime 

 
27/05 - 10:30


 O sertanejo Henrique, da dupla com Juliano, foi atingido por uma pedra durante show da dupla em Itapeva, São Paulo, nesta quinta-feira (26). No Instagram, Juliano publicou vídeo com o momento e chamou o ataque de covarde. — Infelizmente é com essa cena que vou dormir hoje. Uma atitude desumana, covarde, sem motivo algum. Quero agradecer a todos fãs e admiradores que foram pra curtir o nosso show, infelizmente depois dessa pedrada na cabeça o meu irmão não pode ficar no camarim pra atender vocês, saiu machucado e com o psicológico abalado. Juliano também comentou sobre o agressor. — Quanto a pessoa que jogou a pedra, eu realmente não preciso falar nada, só acho que tudo de ruim que se faz aqui, se paga aqui.
 
27/05 - 10:24


 O senador cassado Delcídio Amaral (ex-PT/MS) defendeu nesta quinta-feira, 26, a saída do presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB/AL). “O Renan, como o Eduardo Cunha (presidente afastado da Câmara), deve sair urgentemente. Ele deve cair. Renan é o senhor dos anéis, faz o que quer, manipula tudo, usurpa”, disse. Delcídio partiu para o ataque e pediu a cabeça do presidente do Congresso depois da divulgação do áudio em que Renan conversa com ‘Vandenbergue’ sobre o processo de cassação do ex-petista.Os investigadores suspeitam que o interlocutor de Renan é Vandenbergue Sobreira Machado, que é da diretoria de Assessoria Legislativa da CBF, foi chefe de gabinete do ex-ministro Marco Maciel (Educação/Governo Sarney) e é muito ligado ao PMDB e ao senador.No diálogo, Renan diz a Vandenbergue que Delcídio “tem que fazer… Fazer uma carta, submeter a várias pessoas, fazer uma coisa humilde… Que já pagou um preço pelo que fez, foi preso tantos dias… Família pagou… A mulher pagou…” Vandenbergue respondeu. “Ele (Delcídio) só vai entregar à comissão (Conselho de Ética), fazer essa carta e vai embora”.O teor da conversa entre Renan e Vandenbergue Machado, divulgada com exclusividade pela repórter Camila Bonfim, da TV Globo, nesta quinta-feira, deixou Delcídio indignado. E com a certeza de que sua cassação foi “manipulada” pessoalmente por Renan. “Ele (Renan) tinha medo da minha delação, ele tinha comprometimento com o Palácio do Planalto.”Delcídio fechou acordo de colaboração com a Procuradoria-Geral da República em fevereiro. Dias depois, foi colocado em liberdade – ele havia sido preso em 25 de novembro de 2015 por suspeita de tramar contra a Operação Lava Jato. “Esse Vandenbergue é um cara que eu conheço há muito tempo”, afirma Delcídio. “Ele é diretor da CBF, mas se criou sempre no PMDB. Começou como chefe de gabinete do Marco Maciel no Ministério da Educação (Governo Sarney) e depois fez carreira no PMDB, especificamente com o Renan”, afirmou.

 
27/05 - 10:00

O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, disse que “o Brasil passa por uma grave crise ética”. Para ele, “o momento é complexo porque, junto com os graves problemas que afligem o País, surge oportunidade única de colocar o Brasil em rumos certos”.Lamachia demonstrou perplexidade ante os áudios de diálogos do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ex-presidente José Sarney (1985/1990) e o senador Renan Calheiros (PMDB/AL) – divulgados com exclusividade pela repórter Camila Bonfim, da TV Globo.Os áudios revelam preocupação de Renan, Sarney e Machado com os desdobramentos da Operação Lava Jato. Em um diálogo, o presidente do Senado ataca o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a quem chama de “mau caráter”.”Nos últimos anos, a sociedade começou a ver pessoas poderosas começarem a pagar pelos crimes que cometeram”, disse Lamachia. “Agora, com a Lava Jato, nota-se um processo de investigação de desvios que ainda comprometem o sucesso do País.”O presidente da OAB considera que “a noção de impunidade parece estar ameaçada e, por isso, algumas pessoas podem estar incomodadas”. “Mas a lei deve valer para todos, seja quem for, não importa o cargo ou função que exerça nem a classe social. Temos que caminhar rumo a aplicação dessa regra: todos são iguais perante a lei.”
 
27/05 - 09:44


Chegou ao fim o namoro de Luan Santana e a estudante de moda Jade Magalhães. Os dois assumiram o romance em outubro de 2012 e se separaram um ano e um mês depois, em novembro de 2013. Eles voltaram a namorara em 2015 e fizeram a primeira aparição pública em outubro, em um show da dupla Jorge e Mateus. Nas redes sociais, Luan reproduziu a mensagem escrita por uma fã, que compara Jade às princesas de contos de fadas. "Ela é encantadora. Bela como Aurora. Sonhadora como Cinderela. Busca a "liberdade" como Rapunzel. Se adaptou a um mundo diferente para estar perto do seu grande amor, como Ariel. É vítima da inveja e maldade como Branca de Neve. Uma maçã envenenada é pouco se for comparado às "palavras envenenadas" que ela já leu. Mas, como toda princesa, ela sempre irá preferir a paz. Simplesmente continuará amando o seu príncipe. Ela sabe que só precisa ser ela mesma e deixar que a vida cuide do resto. Pois como em todo conto de fadas, o bem sempre vence o mal", escreveu a fã. "Seja feliz, Jade. Seja feliz, Luan. Vou continuar amando os dois", finalizou a fã. O cantor foi sucinto em seu comentário. "É isso", escreveu. 

 
27/05 - 09:40

 O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, defendeu nesta quinta-feira, 26, ser normal integrantes da Corte manterem conversas com representantes da classe política, mas afirmou que isso não traz nenhum prejuízo à imparcialidade do magistrado. A nota, enviada por meio da assessoria do STF, foi uma resposta ao fato de diversos ministros do Supremo terem sido citados em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.”Faz parte da natureza do Poder Judiciário ser aberto e democrático. Magistrados, entre eles os ministros da Suprema Corte, são obrigados, por dever funcional, a ouvir os diversos atores da sociedade que diariamente acorrem aos fóruns e tribunais”, disse.Lewandowski ressaltou, no entanto, que “tal prática não traz nenhum prejuízo à imparcialidade e equidistância dos fatos que os juízes mantêm quando proferem seus votos e decisões, comprometidos que estão com o estrito cumprimento da Constituição e das leis do País”.Em um dos diálogos gravados por Machado, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) aparece dizendo que estaria construindo um pacto, inclusive com a participação de integrantes do Supremo, para tentar barrar o avanço da Operação Lava Jato. Depois de os áudios virem à tona na segunda-feira, Jucá teve de deixar o Ministério do Planejamento.Novos diálogos entre Machado e presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente José Sarney, também sugeriram articulações para influenciar o ministro do STF Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato na Corte.

 

 
27/05 - 09:26


  Um dos rapazes acusados de compartilhar as imagens da jovem ferida e desacordada em redes sociais alegou que não sabia que se tratava de um estupro de uma menor de idade. Marcelo Miranda da Cruz Corrêa, de 18 anos, afirmou que, na noite de terça-feira, publicou uma foto. No dia seguinte, teve seu perfil apagado e já recebia ameaças de mortes. — Só entendi o que aconteceu quando vi o vídeo — afirmou o rapaz, estudante do 3º ano do ensino médio e morador da Cidade de Deus. Marcelo afirma que não conhece nenhum dos envolvidos e que recebeu a foto em um grupo de WhatsApp. Ele pode responder por divulgar conteúdo pornográfico com menor de idade. A pena pode chegar a seis anos de reclusão. O advogado do jovem, Igor Carvalho, afirmou que vai apresentar o rapaz nesta sexta-feira à polícia. Ele já teve a prisão preventiva pedida pela delegacia que investiga o caso. — A minha ficha ainda não caiu. Aconteceu tudo tão rápido. Fui ameaçado de morte porque as pessoas acharam que eu participei de um estupro. Só botei isso inocentemente — defende-se: — A minha mãe acha isso tudo repugnante, mas está me apoiando. Espero que as coisas se resolvam. Não quero ser preso por uma coisa que eu não fiz. Não sabia que aquilo era um estupro e que ela era menor.

 
27/05 - 09:20

O presidente da República em exercício, Michel Temer, sancionou sem vetos o projeto de lei que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016, mudando a meta fiscal de um déficit de R$ 96,6 bilhões para um resultado negativo de R$ 170,5 bilhões. A Lei 13.291 está publicada na edição desta sexta-feira, 27, do Diário Oficial da União. Segundo a lei, a meta de déficit primário de R$ 170,5 bilhões é para o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência Social). Há previsão de um superávit primário de R$ 6,554 bilhões para Estados e municípios, o que levaria o resultado do setor público consolidado (inclui Estados, municípios e estatais) para um déficit primário de R$ 163,9 bilhões. As estatais federais deverão ter resultado zero nessa composição. O projeto que altera a meta fiscal foi aprovado pelo Congresso Nacional na madrugada da última quarta-feira (25), numa votação simbólica. O Diário Oficial de hoje publica ainda um anexo de metas fiscais com os parâmetros que foram atualizados para a definição da nova meta. Segundo o documento, para 2017 e 2018, “o governo está revendo o cenário macroeconômico e os números de projeção de receita (administrada e extraordinária) de forma a adotar cenário mais prudencial, de forma a evitar frustrações de previsão de arrecadação tão elevadas quanto as observadas nos últimos 2 anos”. O governo cita ainda a necessidade de reformas regulatórias que viabilizem novos investimentos na economia brasileira. “Muitas dessas reformas já estão em andamento como as medidas no setor de petróleo e gás, ampliação da participação estrangeira na aviação civil, reforma do marco regulatório de telecomunicações” diz o documento. Clique aqui para ver o texto da lei e o anexo das metas fiscais.
 
27/05 - 09:02

A Argentina juntou provas suficientes para concluir, nesta sexta-feira (27), o histórico processo sobre a Operação Condor – a aliança dos anos 70 entre seis ditaduras sul-americanas para reprimir e eliminar opositores aos regimes militares. Foram 17 anos de investigação e mais três de audiências, para ouvir 222 testemunhas – metade das quais vive no exterior.No banco dos réus estarão 16 argentinos e um uruguaio, acusados de terem formado uma “associação ilícita” para cometer crimes de lesa-humanidade contra 105 pessoas: 45 uruguaios, 22 chilenos, 14 argentinos, 13 paraguaios e 11 bolivianos.O Brasil também participou da Operação Condor. Nenhum brasileiro integra a lista de vítimas desse processo – mas haverá outro, disse à Agência Brasil a advogada Luz Palmas Zaldua, do Centro de Estudos Legais e Sociais (Cels). “A morte do ex-presidente João Goulart, por exemplo, ainda está sendo investigada”. A sentença será transmitida ao vivo às 17h (horário argentino) em Buenos Aires e nos consulados argentinos em seis cidades da América do Sul, entre elas São Paulo e Porto Alegre. Os promotores pediram sentenças de 20 anos. Nenhum dos 17 réus está em liberdade: a maioria está em prisão domiciliar por causa da idade. Para Luz Palmas Zaldua, “o julgamento é histórico” porque tem alcance regional. “É a primeira vez que julgamos um sistema criminal, armado para fazer desaparecer pessoas, em vários países”.Entre as vítimas está Norberto Habegger – um dos três argentinos que desapareceram no Rio de Janeiro. O filho de Norberto, o cineasta Andrés Habegger, tinha 9 anos em 1978, quando o pai dele viajou do México (onde ele vivia com a mãe no exílio) ao Brasil (para uma reunião com do grupo guerrilheiro argentino Montoneros).

 
27/05 - 08:59

 Qual é a chance de o vírus zika causar problemas no desenvolvimento do cérebro de bebês cujas mães foram infectadas? Pouco mais de um ano após a epidemia atingir o Brasil, a questão que ainda mobiliza a comunidade científica começa a ter sinais de resposta. Um novo estudo, divulgado na quarta-feira, 25, na revista New England Journal of Medicine, estima que o risco pode ser entre 0,88% e 13,2%.A estimativa foi feita por pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e da Escola de Saúde Pública de Harvard, que desenvolveram um modelo matemático a partir de dados da epidemia de zika que ocorreu na Polinésia Francesa entre 2013 e 2014, associados com o surto na Bahia, um dos Estados mais afetados no País.Estudo anterior, publicado em março, havia estimado que para a ilha do Pacífico o risco de microcefalia provocado por zika no primeiro trimestre de gravidez tinha sido de 0,95%. Isso foi calculado com base em oito casos de microcefalia identificados em uma população de 270 mil pessoas, com taxa de infecção de zika estimada em 66%.De acordo com os pesquisadores, a taxa de infecção para a Bahia, porém, não é tão clara, e eles trabalharam com uma faixa ampla de 10% a 80%. A equipe também considerou a linha de base natural de ocorrência de microcefalia, que seria de 2 a 12 casos por 10 mil nascimentos.

 
25/05 - 14:57


 (Por Fernanda Dourado)   Filas quilométricas, passageiros sem proteção, terminal sujo, idosos que esperam muito tempo para embarcar, deficientes físicos que precisam ser carregados pela falta de acessibilidade do local e a taxa de embarque de um real que encarece a tarifa. Esses foram alguns dos questionamentos feitos pela Associação de  Mobilidade Urbana e região metropolitana de Salvador a respeito dos terminais de Embarque e Desembarque de Mar Grande e Terminal da França/Salvador e dos sistema Ferry Boat. " Vamos entrar com uma ação no ministério público para averiguar a concessão da empresa que administra o Ferry Boat. Não aguentamos mais tanto descaso", bradou Afonso Celso Rocha, presidente da Associação. A Bahia é o estado brasileiro que possuiu a maior área de litoral. A segunda e a terceira maior Baía do país estão no estado: a Baía de Todos os Santos e a Baía de Camamu.  O transporte marítimo é importante para diminuir distâncias e encurtar tempo de deslocamento. Essas foram as justificativas do  deputado estadual, Hildécio Meireles,  para chamar a atenção da necessidade de melhor a qualidade do sistema Ferry Boat. O assunto foi debatido na Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. "Não podemos aceitar que as pessoas sejam tratadas como refugiados da Síria. Precisamos de um serviço de qualidade", alfinetou o presidente do Colegiado. Na reunião, as tarifas de embarque também foram questionadas .  O deputado estadual, Hildécio Meireles, disse  que é preciso  isentar o pagamento da tarifa  no transporte intermunicipal na travessia Itaparica-Salvador  às pessoas que usam os ferry boat cotidianamente.  "Sabemos da necessidade da cobrança da tarifa. Mas as pessoas que usam frequentemente já pagam o embarque e ainda a tarifa. Muitos utilizam para tratar da saúde em Salvador e são idas constantes.  Isso ainda encarece  mais o serviço. Também vamos apresentar um projeto de lei para que estudantes paguem meia passagem", afirmou o presidente da Comissão.  O deputado estadual, Pablo Barroso, falou que a segurança e a qualidade do serviço precisa ser tratada com prioridade. "Não podemos aceitar um tratamento deste à  população. A segurança pública também precisa ser revista", afirmou o democrata. Na audiência o governo foi duramente criticado. Para o deputado estadual, Rosemberg Pinto, não há motivo para  culpar o governo sobre a precariedade. Segundo ele, a responsabilidade do serviço do Ferry-Boat é da Internacional Marítima, administradora do sistema. "A partir do momento que da concessão, a responsabilidade é da empresa e não do governo’, afirmou o petista.  Apesar da defesa do deputado Rosemberg, a Agência  Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia foi muito criticada a respeito da  fiscalização dos terminais. Segundo o diretor Executivo, Eduardo Pessoa,  a forma  para a melhoria dos serviço está sendo estudada. Segundo ele, uma das medidas, é a venda antecipada  de bilhete para utilizar o  sistema para que o Ferry Boat funcione, inclusive, em compras antecipadas de bilhetes. “A ilha de Itaparica foi trucida no passado para valorizarem a Linha Verde e comprarem os novos empreendimentos do local. Tá melhor do que antes. Tem estrada boa que antes não tinha. Nós temos lá dois ferrys novos. Temos que organizar mais os horários. Mas isso é parte administrativa. Está melhor do que era antes”, assegurou Zé Neto, líder do governo.
 
25/05 - 14:15


 (Por Fernanda Dourado)

O objetivo do programa era despertar a consciência da população sobre a importância dos tributos no cumprimento das obrigações sociais do Estado e incentivar o cidadão a exigir a nota e ou cupom fiscal. A população também podia acompanhar a aplicação dos recursos públicos. O Projeto Sua Nota é um Show de Solidariedade foi extinto em 2011. E a possibilidade de retorno do Programa Sua Nota é um Show nos jogos de futebol de times do interior da Bahia foi discutido pela Comissão Especial de Desporto, Paradesporto e Lazer da Assembleia Legislativa da Bahia.  De acordo com José Luís Santos, superintendente da Secretária da Fazenda, após o desgaste na troca de notas. “Houve muitos desgastes na troca de notas na época por isso o projeto foi encerrado. Hoje o deputado Bobô, presidente do Colegiado, nos convidou para discutirmos o retorno do projeto para o esporte”, afirmou o superintendente da Sefaz.  Em 2010, mais de 30 mil pessoas nos estádios e 307 mil notas e cupons fiscais arrecadados foram arrecadados. Esses foram os números dos jogos da 1ª divisão do Campeonato Baiano de 2010 que contaram com o apoio do projeto Sua Nota é um Show. De acordo com o deputado Herzem Gusmão, autor do pedido da audiência pública, a iniciativa na época foi copiada por outros estados como Pernambuco e a Paraíba. O projeto atraia um público de cinco mil pessoas, em cada partida, acompanhava os times do interior. “O projeto foi instalado no governo Paulo Souto. Já na minha primeira participação no Colegiado fiz a cobrança do retorno da “Sua nota é um show.  Pernambuco copiou e o estado da Paraíba ainda privilegiou todos os integrantes da bolsa família com o benefício na troca de notas. E na hora da troca, a exigência do valor é bem menor para quem participar do bolsa família. Aqui no estado “Sua nota é show” garantia aos campeonatos estaduais da Bahia a presença de 5.000 mil torcedores em cada partida”, afirmou Gusmão.    O ‘Sua Nota é um Show’, que em 2011 completou doze anos, foi  um dos projetos do Programa de Educação Tributária desenvolvido pela Secretaria da Fazenda com o objetivo de conscientizar o cidadão sobre a função social do imposto.  De acordo com o presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, a discussão para um possível retorno é muito importante, já que beneficiava os clubes de futebol do interior do Estado  e os torcedores baianos. “Estamos torcendo que o projeto retorne, já que estimulava os clubes, os jogares e os torcedores”, concluiu o presidente da Federação Baiana de Futebol. 

 
25/05 - 14:12


(Fernanda Dourado)

 

Mais uma vez o impasse foi debatido na Comissão Territorial da Assembleia Legislativa da Bahia. Os moradores do Parque Viver – localidade situada entre Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos querem uma solução a respeito da localidade das residências, ou seja, a qual município fazem parte. A população que mora nesta divisa diz que prejudicada pela falta de serviços públicos básicos, em consequência da falta de decisão definitiva sobre o tema. “Compramos um imóvel e a construtora disse que era localizado em Feira de Santana. Depois que havíamos dado entrada nos falaram que lá é São Gonçalo. Isso é um absurdo. Para Sérgio Moreno, 100% dos moradores votam em Feira de Santana, e utilizam o transporte público e unidades de saúde. Ele lembra ainda que não há consenso entre as prefeituras de Feira de Santana e São Gonçalo a respeito de qual comunidade pertencem. De acordo com moradores, a melhor solução é a intermediação dos deputados apresentando projeto de lei.  Em busca de definição para o limite territorial de localidades limítrofes aos municípios de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos, a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, também esteve presente na audiência. De acordo com o presidente do Colegiado, o intuito é de buscar solução em relação a todos os transtornos e dificuldades relatadas pelos moradores. “Esses moradores já estão sofrendo demais. Precisamos encontrar um solução. Este é nosso objetivo”, afirmou Zé. 

 
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | Proxima | Última »»
27/05/2016 | 11:00:12
Feira de Santana ou são Gonçalo: Moradores do Parque Viver esperam uma solução para saber em qual local residem

(Fernanda Dourado)

 

Mais uma vez o impasse foi debatido na Comissão Territorial da Assembleia Legislativa da Bahia. Os moradores do Parque Viver – localidade situada entre Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos querem uma solução a respeito da localidade das residências, ou seja, a qual município fazem parte. A população que mora nesta divisa diz que prejudicada pela falta de serviços públicos básicos, em consequência da falta de decisão definitiva sobre o tema. “Compramos um imóvel e a construtora disse que era localizado em Feira de Santana. Depois que havíamos dado entrada nos falaram que lá é São Gonçalo. Isso é um absurdo. Para Sérgio Moreno, 100% dos moradores votam em Feira de Santana, e utilizam o transporte público e unidades de saúde. Ele lembra ainda que não há consenso entre as prefeituras de Feira de Santana e São Gonçalo a respeito de qual comunidade pertencem. De acordo com moradores, a melhor solução é a intermediação dos deputados apresentando projeto de lei.  Em busca de definição para o limite territorial de localidades limítrofes aos municípios de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos, a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, também esteve presente na audiência. De acordo com o presidente do Colegiado, o intuito é de buscar solução em relação a todos os transtornos e dificuldades relatadas pelos moradores. “Esses moradores já estão sofrendo demais. Precisamos encontrar um solução. Este é nosso objetivo”, afirmou Zé.  

25/05/2016 | 14:15:37
Deputado propõe volta do programa "Sua nota é um show"

 (Por Fernanda Dourado)

O objetivo do programa era despertar a consciência da população sobre a importância dos tributos no cumprimento das obrigações sociais do Estado e incentivar o cidadão a exigir a nota e ou cupom fiscal. A população também podia acompanhar a aplicação dos recursos públicos. O Projeto Sua Nota é um Show de Solidariedade foi extinto em 2011. E a possibilidade de retorno do Programa Sua Nota é um Show nos jogos de futebol de times do interior da Bahia foi discutido pela Comissão Especial de Desporto, Paradesporto e Lazer da Assembleia Legislativa da Bahia.  De acordo com José Luís Santos, superintendente da Secretária da Fazenda, após o desgaste na troca de notas. “Houve muitos desgastes na troca de notas na época por isso o projeto foi encerrado. Hoje o deputado Bobô, presidente do Colegiado, nos convidou para discutirmos o retorno do projeto para o esporte”, afirmou o superintendente da Sefaz.  Em 2010, mais de 30 mil pessoas nos estádios e 307 mil notas e cupons fiscais arrecadados foram arrecadados. Esses foram os números dos jogos da 1ª divisão do Campeonato Baiano de 2010 que contaram com o apoio do projeto Sua Nota é um Show. De acordo com o deputado Herzem Gusmão, autor do pedido da audiência pública, a iniciativa na época foi copiada por outros estados como Pernambuco e a Paraíba. O projeto atraia um público de cinco mil pessoas, em cada partida, acompanhava os times do interior. “O projeto foi instalado no governo Paulo Souto. Já na minha primeira participação no Colegiado fiz a cobrança do retorno da “Sua nota é um show.  Pernambuco copiou e o estado da Paraíba ainda privilegiou todos os integrantes da bolsa família com o benefício na troca de notas. E na hora da troca, a exigência do valor é bem menor para quem participar do bolsa família. Aqui no estado “Sua nota é show” garantia aos campeonatos estaduais da Bahia a presença de 5.000 mil torcedores em cada partida”, afirmou Gusmão.    O ‘Sua Nota é um Show’, que em 2011 completou doze anos, foi  um dos projetos do Programa de Educação Tributária desenvolvido pela Secretaria da Fazenda com o objetivo de conscientizar o cidadão sobre a função social do imposto.  De acordo com o presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, a discussão para um possível retorno é muito importante, já que beneficiava os clubes de futebol do interior do Estado  e os torcedores baianos. “Estamos torcendo que o projeto retorne, já que estimulava os clubes, os jogares e os torcedores”, concluiu o presidente da Federação Baiana de Futebol. 

22/05/2016 | 13:49:54
"A Bahia é o 4º maior mercado no Brasil. O baiano não tem direito de comercializar aqui. Somos atacados por outros estados", afima o presidente da ASDAB ao falar da tributação

 (Por Fernanda Dourado)

 

A tributação do setor atacadista  e distribuidor baiano e os efeitos na Cadeia do abastecimento foi duramente criticada na Comissão Especial de Desenvolvimento Regional da Assembléia Legislativa da Bahia. O presidente da ASDAB, Associação dos Agentes de Distribuição da Bahia, Antônio Cabral, disse que é preciso devolver aos baianos o direito de comercialização e rever as questões tributárias.  "A Bahia é o 4º maior mercado no Brasil e o baiano não tem direito de comercializar no estado. Temos oito fronteiras. Somos atacados por outros estados com população menor e com a tributação mais baixa. A tributação não permite que o estado sobrevive.  É direito do baiano vender na Bahia. Esse problema é de décadas. Não defendemos o distribuidor, mas a cadeia como um todo. Temos 72 mil pontos de postos de venda que atendemos pequeno, micro e médio empresário. São 500 mil empregos gerados. E estes trabalhadores correm risco de ficar desempregados", afirmou.  O deputado estadual, Sandro Régis, disse que a audiência não poderia ter cunho ideológico e falou da importância de unir os parlamentares. "O baiano precisa ter as mesmas condições comerciais para disputar com os produtos que vêem de fora. E muitos estados que vendem aqui não têm o  compromisso em investir no estado", alfinetou Sandro Régis, que apesar de ser ferrenho opositor ao governo do estado falou da necessidade da  união de governistas e opositores para fortalecer as discussões e solucionar os questionamentos. O  setor atacadista e distribuidor atende aos estabelecimentos varejistas que não têm volume de pedidos para adquirir produtos diretamente dos fabricantes. Toda a cadeia de abastecimento gera 500 mil postos do emprego. Para o advogado, Pedro Eduardo Pinheiro, a preocupação é com o ambiente competitivo e a influência da tributação com a competividade. "A alta carga tributária prejudica a existência de atacadistas - que chamamos de cadeia intermediária. A ASDAB tem estudo que avalia a redução de impostos em situações específicas haverá um aumento na arrecadação e o estado da Bahia ainda vai combater a sonegação", avaliou o advogado da ASDAB. De acordo com o presidente do Colegiado, o deputado estadual,  Herzem Gusmão, a ASDAB explicou que o governo poder diminuir o valor do ICMS do setor atacadista para arrecadar mais. "Atualmente, o Brasil tem 11 milhões desempregados e o setor atacadista emprega 500 mil na Bahia. Precisamos olhar as necessidades deste setor que está nos quatro cantos do estado. Estamos confiantes que o governo vai acatar está solicitação, já que a ASDAB já conversou com o governador e ele foi acessível ao tema", concluiu. Por sugestão do deputado estadual, Rosemberg Pinto, vice-presidente do Colegiado, ficou definido que parlamentares vão visitar  o secretário da fazenda, Manoel Vitório, para discutir o assunto. 

10/05/2016 | 14:09:17
Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal

 (Por Fernanda Dourado)

O Projeto de Lei que, estabelece o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal e medidas de estímulo ao reequilíbrio fiscal mobilizou integrantes deste segmento durante um debate promovido pela  Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa da Bahia.  A proposta tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados. Segundo o deputado federal, Lúcio Vieira Lima, o projeto visa minimizar a dívida dos estados com a União. Ele diz que é preciso encontrar o meio termo.  O pacote sugere o prolongamento da dívida pública dos estados com a União. O prazo para a quitação dos débitos será  até o primeiro semestre de 2027. a proposta empurraria a dívida por mais 20 anos. Para a presidente do Instituto dos Auditores Fiscais Sindical o intuito é conscientizar a população, os colegas e os servidores públicos a respeito do projeto de lei que tramita em regime de urgência. ela acredita que a proposta tira os direitos e avanços conquistados pelos servidores públicos. Já para o  presidente da Federação Brasileira dos Fiscais de Tributos Estaduais, Roberto Kupski, o debate no Parlamento baiano é de extrema importância, já que a discussão estava apenas no cenário nacional. A decisão de envolver a União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais também é bem vista pelo presidente. 

10/05/2016 | 14:05:35
Presidente do Sindicato acusa desvio de função de ex-funcionários do Derba

(Por Fernanda Dourado)

A relocação dos 557 funcionários do extinto Derba foi mais uma vez debatida na Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. De acordo com o representante do órgão, a distribuição dos servidores foi pautada na qualificação técnica de cada um. Segundo ele, dos 557 funcionários, 227 permaneceram na Secretaria de Infraestrutura; 159 foram lotados na secretaria de Administração e 69 foram lotados na secretaria de educação. Durante a reunião, uma das questões  debatidas foi se teria uma audiência pública ou ouviria o representante do sindicato dos servidores do Derba nesta reunião (10/05) para discutir a relocação dos funcionários. O presidnete do Colegiado, Hildecio Meireles, colocou em votação  após questionamentos dos parlamentares. Para o deputado estadual Luciano Ribeiro, a audiência seria necessária, já que, segundo ele, funcionários do Derba não estão tendo diálogo com o governo do estado para resolver o impasse. De acordo com o deputado estadual, Bobo,  rebateu o posicionamento do colega. O presidente do sindicado dos funcionários do Derba sugeriu que uma reunião  fosse  promovida pelo   Colegiado para discutir a relocação e, segundo  ele, desvio de função dos servidores. 

 

10/05/2016 | 14:00:40
Adolfo Viana diz que número de policiais na Bahia estão abaixo do necessário
(Por Fernanda Dourado )
 
Peritos, polícias técnicas, escrivães e policiais estiveram na Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa da Bahia para participar de uma audiência pública que discutiu a carreira dos policiais civis. Na Bahia, são 5.680 policiais. 860 delegados, 3.800 investigadores e 1.020 escrivães. De acordo com o deputado estadual Adolfo Viana,  os números estão abaixo do necessário.  Segundo ele, a lei orgânica determina que seria necessário  polícia civil é preciso 1.200 delegados, 1.200 escrivães e 6.440.  Para o integrante do Coletivo Sindical Sancofa- grupo de policiais que discute a política sindical e segurança pública - é preciso a valorização da categoria. Ele lembra que apenas 8% dos crimes são desvendados no Brasil .  De acordo com o ouvidor geral, Yulo Oiticica, a valorização da carreira dos policiais vai evitar que eles façam o famoso "bico".  O presidente do Colegiado, Marcelino Galo, vai levar as demandas para a secretaria de segurança pública.  
 
 
03/05/2016 | 08:31:03
Plano Estadual de Educação é discutido com muita polêmica na Assembleia Legislativa

 (Por Fernanda Dourado)

 

Sobe protesto foi iniciado o debate a respeito do projeto de lei que institui o Plano Estadual de Educação na Bahia. O presidente do Colégio deputado, Joseildo Ramos, (PT),  pediu que os participantes  contra e a favor não se misturassem para evitar confronto. “Por favor peço que respeitem uns aos outros. Não vamos misturar os contra e a favor”, ponderou. A comissão Conjunta - formada pelos Colegiados de Constituição e Justiça, Finanças e Orçamento, fiscalização e controle; Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e serviços e o de Direitos Humanos e segurança pública- atraiu mais de 30 deputados. A discussão foi longa e polêmica. Alguns parlamentares defendiam que a discussão não poderia ser partidária e política e, sim, para debater o plano estadual de educação. O ponto crucial no embate foram termos "gênero" e "identidade sexual". Diversos legisladores afirmaram que os conceitos das palavras não estão definidos na proposta e sugeriram retirada das palavras. O deputado estadual, Sargento Isidório, o mais ferrenho opositor a proposta diz que a palavra "gênero" e "identidade sexual" incentiva a homossexualidade nas escolas. “Isso é um absurdo não podemos incentivar o homossexualismo na escola. Respeito o equívoco sexual dessas pessoas, mas precisamos preservar a instituição família”, bradou.  Já a deputada estadual, Fabíola Mansur, defende a aprovação da proposta na íntegra. Segundo ela, o debate além de ser feito de forma democrática e discutido nas comissões das Mulheres e da Educação foi realizado com a participação de 53 entidades de educação. Durante toda a reunião, os ânimos ficaram acirrados. O presidente da Comissão de Educação, Eduardo Sales, quis intermediar a polêmica apresentando uma emenda para inserir a palavra “respeito” as diferenças para contemplar os dois lados. “Dessa forma, vamos inserir apenas uma palavra e contemplar a todos”, afirmou. Os protestos continuaram... Os participantes respeitaram o pedido do presidente que solicitou para aos participantes que não se misturassem. Mas eles continuaram protestando com cartazes. Os representantes do  a favor  seguravam cartazes com frases "escola livre" "gênero na escola não é sexo é combate a violência". Os contra seguravam cartazes com frases, " respeite a família de Deus", "católicos e evangélicos contra".  Apesar das manifestações a favor e contra a polêmica não foi resolvida e a sessão suspensa sem nenhum acordo.

05/05/2016 | 20:41:16
Deputado apresenta projeto de lei para substituir 10% de farinha de trigo por fécula de mandioca no pãozinho francês

 (Por Fernanda Dourado) 

“Uma delícia. Adorei o sabor. Com a fécula de mandioca ainda é mais gostoso. Espero que sempre tenha fécula no pão”. O desejo de Maria da Conceição, de 56 anos, pode ser realizado. É que tramita um projeto de lei na Assembleia Legislativa da Bahia que pretende substituir 10% de farinha de trigo por fécula de mandioca no pãozinho francês. De acordo com o autor do projeto de lei, deputado estadual, Eduardo Sales, a substituição tem vários benefícios econômicos, sociais e, claro, também na saúde - já que reduz a quantidade de glúten - uma proteína presente na farinha de trigo – que provoca inflamações no organismo. “A Bahia por exemplo é o terceiro maior produtor de mandioca do país”, afirmou de o deputado estadual, Eduardo Sales. O pão é um dos alimentos mais antigos da humanidade e um dos principais nutrientes nas refeições das famílias baianas. O Pãozinho francês, quentinho e crocante: é difícil resistir... E para quem acredita que o pãozinho vai mudar de gosto, o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Manoel Gomes de Mendonça Neto, que aprova a inovação, diz que não sentiu diferença no paladar. “Adorei. Muito gostoso”, disse o secretário. O deputado estadual, Aderbal Caldas, também não sentiu diferença. “Muito gostoso. Ainda vai gerar renda e emprego”, afirmou.  Na Europa, o consumo de pão é maior por questões culturais, mas o Brasil não fica atrás. A Bahia também tem um alto consumo. A população baiana consome mensalmente 650 milhões de pão francês. 30% do consumo é em Salvador. Na Bahia, a mandioca é produzida em grande maioria por produtores da agricultura familiar. ((Vamos colocar imagens do cultivo da mandioca)) Segundo o pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, caso a proposta seja aprovada, o estado deixaria de importar 60 mil toneladas de trigo por ano- uma economia de 20 milhões de dólares no orçamento baiano. “há mais de dez anos este assunto permeia o Brasil. Ao nível de 10% se pode alcançar todas as farinhas de trigo.O Brasil é o segundo maior importador de trigo do mundo. 80% de trigo que o Brasileiro consome é o importado. A gente utilizar a mandioca que é uma cadeia produtiva de todo o Brasil e ter a agricultura familiar os fornecedores dessa matéria-prima. Da raiz da mandioca você extrai seva da mandioca E o pãozinho não emborracha com a fécula de mandioca”, garantiu.

Antônio Conselheiro