Seja bem vindo! Salvador, 28 de Fevereiro de 2015
   

Deputado reproduz na Câmara áudio de Dilma com falsas promessas e deixa petistas desesperados

Governo xique-xique, este que aí está. Não dá sombra nem encosto. Para a Nação, não dá. Para os amigos, parentes e protegidos, presenteia com governadorias, senatorias biônicas, embaixadas, empréstimos e negócios. Passa então ser o governo sombra e água fresca
ULYSSES GUIMARÃES







23/02/2015
João Paulo - Serrinha - Ba
Quero ver aonde vamos parar!!Dilma, por favor, se demita!!
22/02/2015
Maria Socorro - Jequié - Ba
Grande sucessor vc deixou, Wagner! Mal entrou e já exonerou mais de 2.000 empregos! Esse é o PT, antigo partido dos
19/02/2015
Leandro Ribeiro - Salvador - Ba
Ígor Kanário em evidência no carnaval da Bahia, só pode ser uma piada!!
22/12/2014
Nuni Ribeiro
Ele (ACM Neto) está em destaque, pq Salvador ficou durante 8 anos abandonada nas mãos de João Henrique, como ele está arrumado "nas alas nobres" , o efeito é visível, e ele tinha que fazer isso mesmo, pois Salvador estava abandonado pelo Governo Municipal. E vamos combinar que ele ñ faz mais que a obrigação dele, afinal ele foi eleito pra isso!!!
13/12/2014
João Pedro - Juazeiro - Ba
Só em ter quebrado o imperialismo da família Guimarães, podem escolher qualquer um para presidente do Bahia, já está de bom tamanho!!
'Império': José Pedro é o verdadeiro Fabrício Melgaço

Uma revelação bombástica será feita em "Império". O elenco recebeu o capítulo 200, que será exibido em 10 de março, e descobriu que José Pedro (Caio Blat) dirá que é Fabrício Melgaço. A revelação virá em conversa com Silviano (Othon Bastos), que o chamará por seu verdadeiro nome. 

" Acabar em pizza"

Taí uma expressão tipicamente nacional – que não causa muito orgulho, verdade seja dita. 

 
 
28/02 - 10:41


Um professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) morreu atropelado na BR-116, em Vitória da Conquista, na tarde desta sexta-feira (27). Roberto Schettini foi atingido por um caminhão quando deixava um carro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o professor deixou o veículo e caminhou ao lado da rodovia, próximo de um distrito na zona rural de Conquista. Ele foi atropelado pelo caminhão. Schettini era professor do campus de Jequié, ator, dramaturgo e fundador do Grupo de Teatros Finos Trapos, criado em 2013. Em nota, a Uesb lamentou a morte do professor, que fazia parte do Departamento de Ciências Humanas e Letras. Ele foi admitido na universidade em abril de 2010 e foi um dos fundadores do curso de Licenciatura em Artes, que foi dividido em 2012 em Teatro e Dança. A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) também divulgou nota lamentando a morte. "A Bahia perde um artista de grande disposição produtiva e criativa, entusiasta e representante de uma nova geração que se comove neste luto". A Funceb lembrou que Roberto foi vencedor do Melhor Diretor no Prêmio Braskem de Teatro 2008, pelo espetáculo “Auto da Gamela”. A Uesb decretou luto oficial de três dias em seus campi e suspendeu as atividades acadêmicas e administrativas no campus de Jequié por hoje. O velório será na Capelinha do Hospital São Vicente, em Conquista.

 
28/02 - 10:22


 O presidente da construtora Camargo Corrêa, Dalton Avancini, e o vice-presidente Eduardo Leite fecharam na noite da última sexta-feira um acordo de delação premiada para a Operação Lava Jato, responsável por investigar o esquema de corrupção na Petrobras, segundo informações divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo. Pelo acordo, a multa paga por cada um dos delatores deve ser de pelo menos R$ 5 milhões cada e deve ultrapassar R$ 10 milhões. Houve também a tentativa de acordo de delação com João Auler, presidente do conselho de administração da empreiteira, mas, segunda a Folha, os procuradores recusaram por achar que o executivo não iria contar tudo que sabia sobre as supostas irregularidades que a empreiteira estaria envolvida. Os três executivos da Camargo Corrêa estão presos desde novembro de 2014, quando iniciou-se a nona fase da operação Lava-Jato, que leva o nome de Juízo Final. Eles são acusados de pagar propina com a finalidade de obter contratos com a Petrobras. Ainda segundo a Folha, após o acordo, Dalton Avancini e Eduardo Leite devem ser soltos nos próximos dias.

 
 
28/02 - 10:20


A greve dos caminhoneiros que assola o país pode comprometer o abastecimento de frangos nos grandes centos a partir da próxima semana. Segundo matéria do jornal Folha de S. Paulo, as fábricas têm capacidade para armazenas o equivalente a três dias de produção e já estão lotadas, pois os caminhões não conseguem levar as cargas para os centros de distribuição. "Se os bloqueios continuarem como estão, é possível que se comece a ter desabastecimento a partir de quarta­feira, inclusive nos grandes centros de consumo, como São Paulo", disse Luiz Stábile, presidente da Associação Catarinense de Avicultura e diretor de pecuária da BRF. Ainda segundo apuração da Folha, alguns grandes supermercados estão com estoques baixos e que, se até quarta­feira o fluxo nas estradas não começar a ser restabelecido, pode haver escassez de carne de frango. O abate de aves no país caiu pela metade com a greve, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal. No Sul, que abastece a maior parte do Sudeste, as fábricas estão fechadas ou quase parando.

 
28/02 - 10:15


 O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nesta sexta-feira, dia 27, em Uberlândia (MG), que há "fatos concretos" que o obrigam a adotar medidas para garantir sua segurança. Ele contou que sua casa, em Brasília, foi arrombada no fim de janeiro e que a partir daí começou a receber relatórios periódicos de inteligência sobre possíveis ameaças à sua integridade. Janot visitou a cidade do Triângulo Mineiro sob forte aparato de segurança. O procurador-geral concedeu rápida entrevista antes de participar de um ato de repúdio a uma tentativa de homicídio do promotor Marcos Vinícius Ribeiro Cunha. As declarações foram dadas um dia após virem à tona encontros de Janot com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e com o vice-presidente da República, Michel Temer - às vésperas da apresentação, pelo procurador-geral, de pedidos de investigação ou denúncias contra políticos citados na Operação Lava Jato. A conversa do procurador-geral com Cardozo não estava previamente divulgada. Após a imprensa tomar conhecimento do encontro, o ministro disse que foi à Procuradoria-Geral discutir a criação de uma vice-procuradoria de combate à corrupção. Já o Ministério Público Federal apresentou a versão segundo a qual a visita de Cardozo tinha por objetivo informar sobre ameaças à segurança de Janot. Na última sexta-feira (27), o procurador-geral reforçou essa versão: "Com certeza". Uma das recomendações que Cardozo teria feito era de que ele evitasse voos de carreira. Janot chegou a Uberlândia e voltou para Brasília em uma aeronave da Força Aérea Brasileira. O procurador-geral, no entanto, disse não saber se o risco detectado está relacionado com algum caso específico, como a Operação Lava Jato. "Não sou uma pessoa assombrada. Mas alguns fatos concretos têm me levado a adotar algumas regras de contenção." Ele disse que os criminosos que arrombaram sua casa ficaram pelo menos oito minutos dentro da residência. "Tinha lá uma pistola .40 com três carregadores, máquina fotográfica e tudo quanto é coisa de valor. E a única coisa que foi levada foi o controle do portão", afirmou. "Daí para cá, tenho recebido relatórios de inteligência. E nos relatórios últimos, parece que aumentou um pouquinho o nível de risco. Por isso as precauções." Na próxima semana, Janot deve apresentar ao Supremo Tribunal Federal a lista de políticos que devem ser investigados por envolvimento na Lava Jato. Questionado se acredita que o risco teria relação com a investigação de um esquema de desvio de recursos da Petrobras, o procurador-geral da República foi sucinto: "Não sei. Isso eu não posso dizer". Em nota, porém, a Associação Nacional dos Procuradores da República ligou os dois assuntos. "Por força dos desdobramentos da Operação Lava Jato, fatos concretos obrigaram o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a adotar medidas de contenção", afirmou o comunicado assinado pelo presidente da entidade, Alexandre Camanho. A expectativa é de que o procurador-geral apresente ao Supremo pedidos de abertura de inquéritos contra dezenas de políticos com base nas investigações e em delações premiadas de acusados. Em seu discurso no evento em Uberlândia, Janot defendeu um combate a duas "chagas que hoje destroem a sociedade brasileira". "De um lado é a corrupção e, de outro, o crime organizado em suas diversas atuações."

 
 
28/02 - 09:47


Um dos gêmeos siameses que foi separado durante uma cirurgia em Goiânia não resistiu e morreu na noite da sexta-feira (27), às 23h50, no Hospital Materno Infantil (HMI). A morte de Arthur Ledo Rocha Brandão, de 5 anos, foi confirmada pela família do menino. Ainda não foi informado a causa da morte. O irmão dele, Heitor, segue internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele está com febre e respira com a ajuda de aparelhos.  

 
28/02 - 09:19


A apresentadora Andressa Urach voltou a ser internada na noite desta sexta-feira (27), com quadro de inflamação e edema na coxa esquerda. De acordo com nota enviada pela assessoria, ela precisaria ser submetida a uma cirurgia de emergência por conta de acúmulo de líquido na perna. No fim do ano passado, Andressa ficou um mês internada com quadro de infecção grave devido à aplicação hidrogel, que teve que ser retirado.

 
 
28/02 - 08:09

Os procuradores da República que cuidam dos procedimentos contra autoridades citadas na Operação Lava Jato passarão este final de semana, antes da apresentação dos inquéritos ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), trabalhando na Procuradoria-Geral da República, em Brasília. No sábado e no domingo, o trabalho dos membros do Grupo de Trabalho será revisar e reler as peças elaboradas com base nas delações do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. Só no STF são 42 procedimentos, referentes a número equivalente de fatos apurados com base nos depoimentos dos delatores da Lava Jato. No STJ, estão a cargo do ministro Luís Felipe Salomão três procedimentos relacionados ao suposto envolvimento dos governadores do Rio de Janeiro e do Acre, Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ) e Tião Viana (PT-AC) e do ex-ministro Mário Negromonte no esquema de corrupção da Petrobras. Os procuradores tentam concluir o trabalho para que o material chegue aos tribunais entre terça e quarta-feira. Eles checam atualmente todas as peças para que não haja nenhuma incoerência entre cada caso, já que todos os casos estão interligados. A divulgação dos nomes de parlamentares que constam na “lista” de Janot é motivo de tensão no Congresso. O procedimento habitual do procurador-geral é avisar políticos investigados antes de solicitar as investigações ao Supremo, para que os parlamentares não sejam “intimados” por notícias divulgadas pela imprensa. Ainda não se sabe se a operação será a mesma nos casos relativos à Lava Jato.Beatriz Bulla e Talita Fernandes, Estadão Conteúdo

 
28/02 - 08:07


O Diário Oficial do Estado publicou nesta sexta-feira a nomeação de Zulu Araújo como novo diretor da Fundação Pedro Calmon, vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e responsável pelas políticas de Livro e Leitura, Memória e Arquivos. Zulu foi presidente da Fundação Cultural Palmares (2007-2010), que é ligada ao Ministério da Cultura. Edvaldo Mendes Araújo, mais conhecido como Zulu (62), é natural de Salvador e também formado em Arquitetura pela Universidade Federal da Bahia. Em 1981, tornou-se militante do movimento negro do Brasil e, desde então, possui trajetória marcada por trabalhos de promoção, pesquisa e divulgação da cultura brasileira, experiência adquirida na gestão de diversos eventos culturais no Brasil e no exterior, entre 2003-2007. Foi diretor de Cultura e Conselheiro do Grupo Cultural Olodum durante 10 anos, administrador e coordenador cultural da Praça do Reggae, assessor do Grupo Cultural Malê, assessor especial da Secretaria de Cultura da Bahia e da Fundação Cultural do Estado, entre outros cargos. Em 1995, atuou como coordenador-geral da celebração dos 300 anos de Zumbi dos Palmares. Em 2003, foi convidado para ser diretor de Promoção, Intercâmbio e Divulgação de Cultura Afro-brasileira da Fundação Palmares e, em 2007, foi indicado pelo ministro Gilberto Gil para presidir a instituição, que tem como missão central combater o racismo, promover a igualdade racial, preservar a cultura negra e valorizar as manifestações artísticas voltadas às populações negras. Nesse período, foi também representante do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

 
27/02 - 11:30


O processo simplificado da prefeitura de Rio Bonito, no Rio de Janeiro, avaliou, ao mesmo tempo, inscritos para cargos de nível fundamental, médio, superior. A prova tem gerado polêmica por apresentar apenas seis questões banais, que perguntam ao candidato as horas exibidas em um relógio, os lados do triângulo e o estado emocional de uma pessoa desenhada.  A secretária municipal de Educação, Lucy Teixeira, justificou ao site O Dia que não foi possível formular provas diferentes para os três níveis de escolaridade por falta de recursos. Ela alega que a classificação dependeria de uma entrevista presencial, que admite critérios subjetivos. A aplicação do exame gerou revolta dos candidatos nas redes sociais e o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) prometeu acionar o Ministério Público para investigar o processo seletivo. 

 
27/02 - 11:00


 O programa partidário do PMDB, que foi ao ar na noite desta quinta-feira, em cadeia nacional de televisão, exibiu um discurso com enfoque nas “escolhas” do eleitor na eleição presidencial e nas do próprio partido dentro do governo. Os principais líderes do partido participaram do programa com uma fala unificada sobre as “escolhas” que a legenda fez. Com uma abordagem mais focada na sigla e menos no governo, os peemedebistas não citaram a presidente Dilma Rousseff. “Em 2014, vivemos um momento efervescente da democracia. O Brasil ficou como há muito não se via: dividido nas opiniões. Tivemos as eleições mais acirradas nos últimos 25 anos; excessos foram cometidos, mas a liberdade de escolha esteve acima de tudo e nada tirou o brilho da festa”, afirmou a apresentadora, na abertura do programa. “O Brasil, democrática e legitimamente, escolheu seus representantes, escolheu aqueles que terão a responsabilidade de conduzir o País nos próximos anos”, completou. O vice-presidente da República e presidente nacional da agremiação, Michel Temer, afirmou que o País precisa de uma agenda positiva e que a apuração de irregularidades não pode paralisar a vida produtiva. Temer disse que agenda positiva e investigação devem acontecer ao mesmo tempo. “O PMDB fez as suas escolhas; a primeira delas é a reforma política de verdade, a outra é prestigiar a liberdade plena de informação. Também é nosso propósito defender a iniciativa privada”, disse ele, ao enumerar as “escolhas” do partido. Temer falou ainda do programa de ajuste fiscal. De acordo com o vice-presidente da República, com os ajustes, o País caminha para ter uma economia “mais forte e saudável”. O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), apontou que “a responsabilidade do cargo” para o qual foi eleito na Mesa Diretora do Legislativo “exige reflexão, equilíbrio, humildade e perseverança para fazer mudanças que o atual momento do País requer”. “É meu dever escolher e colocar em pauta de votação temas de maior interesse da sociedade que tragam benefícios aos brasileiros”, apregoou. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), citou a “longa caminhada” após a qual foi eleito para comandar a Casa. Cunha avisou que quer “transformar oportunidade em mudanças”. Ele disse que “foi iniciado o processo de votação de reforma política de verdade”.

 
 
27/02 - 10:33


Os torcedores que frequentavam o estádio do Borussia Dortmund, na Alemanha, não sabiam o perigo que corriam. Durante escavações para uma obra de reparo no estádio, os operários encontraram uma bomba de 250 quilos na zona VIP da tribuna oeste do estádio.  O artefato foi produzido pelo Reino Unido na Segunda Guerra Mundial e estava enterrado a uma profundidade de cinco metros. Com a descoberta, as autoridades do país decidiram evacuar o Borussia Dortmund, que fechou as portas por tempo indeterminado. A bomba será desarmada ainda nesta quinta-feira (26), informou a direção do clube.

 
 
27/02 - 10:26


A Corregedoria Nacional de Justiça, por meio da ministra Nancy Andrighi, decidiu afastar o juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Federal do Rio de Janeiro, de suas funções. O magistrado era responsável pelas ações criminais contra o empresário Eike Batista. Ele tinha sido flagrado dirigindo o Porsche Cayenne de Eike. O veículo havia sido apreendido durante operação da Polícia Federal. Segundo a ministra Andrighi, todos os processos do empresários vão ser redistribuídos a outras varas do Rio de Janeiro.

 
27/02 - 09:28


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) manteve a sentença do juiz da 196ª Zona Eleitoral, Rodrigo Souza Britto, que determinou a cassação do mandato do Prefeito João Francisco Santos (PT), da cidade baiana Tanhaçu, a 518 Km de Salvador. A decisão afasta também o vice-prefeito Valdívio Aguiar Filho, aplicando aos gestores multa no valor de dez mil reais. 

 
27/02 - 09:20


 A medida que libera o pagamento de passagens aéreas para cônjuges de deputados federais também beneficiará os parceiros de parlamentares homossexuais, segundo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).  A Casa usará o mesmo critério do Ministério das Relações Exteriores para conceder passaportes diplomáticos. O Itamaraty exige certidão de casamento ou de união estável reconhecida em cartório para conceder documentos diplomáticos. "[A relação] tem que ser registrada em cartório", definiu Cunha. Diante da repercussão negativa da medida, as bancadas de PPS, PSOL e PSDB já anunciaram que abririam mão das passagens aéreas para cônjuges.

 
27/02 - 08:40


A faixa próxima ao canteiro central da Avenida Mário Leal Ferreira, conhecida como Bonocô, no sentido Ogunjá-Rótula do Abacaxi, será interditada neste final de semana. De acordo com nota enviada pela CCR Metrô Bahia, empresa que administra o sistema na capital baiana, a interdição vai ocorrer para facilitar as obras de montagem do módulo de cobertura da  Estação Bonocô do metrô. No sábado (28), a faixa será inteditada às 22h e só será liberada às 5h de domingo (1). Às 22h, a faixa será novamente bloqueada e vai ter o tráfego retonado na segunda-feira (2), às 5h.

 
27/02 - 08:08


 O secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Geraldo Reis, defendeu na manhã desta quinta-feira (25) que a ação dos políciais da Rondesp na morte de 12 pessoas na Estrada das Barreiras, no Cabula, deve e tem que ser apurada, de forma transparente. Para ele, “toda e qualquer ação ilegal da polícia deve ser criticada, deve ser condenada, seja nesse caso, caso se comprove, e mais ainda, nos chamados emblemáticos já ocorridos, que deverão ser averiguados, pesquisados, anunciados e penalizados, quando houver comprovação”. Em sua fala durante a audiência pública que discutiu a ação da Rondesp no Cabula, o secretário ainda disse que esse é um dos momentos de sua vida pública que enfrenta “uma situação de conflito dessa radicalidade”, mas que está tranquilo na condição de representante de governo, por ter consciência do trabalho que está fazendo, no sentido de aglutinar pessoas para reflexão da melhoria de segurança pública e direitos humanos no estado. Ao Bahia Notícias, o secretário adiantou que a reunião marcada com o governador Rui Costa com representantes da sociedade civil para o dia 12 de março. Reis ainda fala que é necessário estabelecer uma “agenda propositiva, um fórum permanente de diálogo dos vários poderes para discutir a melhoria da política de segurança pública”. O gestor da pasta ainda falou que “vai trabalhar no governo para superação dos autos de resistência”, e acha que é possível avançar nesse debate para que essa tipificação seja modificada. “O governo reconhece que não é uma situação normal nós termos 160 jovens mortos por mês, que ultrapassa a ação da polícia. Nós precisamos fazer reflexões profundas sobre as bases dessa violência. Eu não sou especialista em técnicas de segurança, eu sou a favor que nós possamos construir espaço para reflexão dos autos de resistência, envolvendo todos os setores”. O secretário também defende um debate sobre a descriminalização das drogas, para ver se “vale a pena continuar a prender jovens que estão com um cigarro de maconha na mão”. “É nesse sentido de descriminalização, que não é postura de leniência com o tráfico. Eu acho que o estado tem que ter uma postura mais dura contra o tráfico. Mas a descriminalização das drogas pode ser um caminho, uma estratégia de combate ao tráfico”, avalia. Geraldo Reis também se posicionou sobre o debate da desmilitarização da Polícia Militar, com aprofundamento da discussão. “Eu concordo que os policiais militares devem ter os mesmo direitos e deveres de um cidadão. Mas, por outro lado, precisamos reconhecer que essa corporação tem uma especificidade. É ela que garante o preceito do monopólio da violência legal por parte do Estado”. Geraldo afirma que tem conversado com frequencia com o governador e que ele tem acompanhado todos os fatos do caso do Cabula.

 
 
27/02 - 07:46

 O Ministério da Educação (MEC) publicou ontem (26) no Diário Oficial da União a demissão do ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB), Timothy Martin Mulholland. A decisão está em três portarias referentes a três processos administrativos. A pasta considerou Mulloland culpado por valer-se do cargo para lograr proveito pessoal ou de outrem, em detrimento da dignidade da função pública e por improbidade administrativa. A decisão foi tomada, de acordo com o despacho do ministro da Educação, Cid Gomes, “considerando a natureza e a gravidade das infrações cometidas, os danos que provieram, as circunstâncias agravantes e atenuantes e os antecedentes funcionais dos servidores, bem como os princípios da razoabilidade e proporcionalidade, e que há subsunção das condutas dos servidores aos tipos administrativos”. Quando os possíveis casos vieram à tona, a reitoria da UnB foi ocupada por estudantes que exigiam a saída do reitor. Mullonland acabou renunciando, mas manteve-se ligado à universidade. Além do processo adminisrativo, o ex-reitor ainda enfrenta dois processos na Justiça Federal do Distrito Federal. Em outros dois processos, o ex-reitor obteve decisão favorável e as ações foram arquivadas. Mulholland foi reitor da UnB de novembro de 2005 a abril de 2008. Em 2009, o MEC solicitou a abertura de uma comissão da Controladoria-Geral da União (CGU) para apurar possíveis irregularidades neste período. A CGU finalizou a análise em 2014, recomendando a punição dos servidores envolvidos em irregularidades ao firmar convênios com fundações de apoio. O MEC esclarece que acolheu posicionamento da CGU.

 
 
27/02 - 07:17


 O soldado Santa Rita, diretor administrativo da Associação dos Policiais e Bombeiros da Bahia (Aspra) afirmou, que não existe guerra entre policiais e a sociedade civil, “pois fazemos parte da sociedade”. Ele foi um dos participantes da audiência pública da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA) desta quinta-feira (26), que discutiu a ação policial que resultou na morte de 12 pessoas, no bairro do Cabula, em Salvador. Santa Rita afirmou que quer um processo imparcial e que os policiais “desde já, não sejam execrados e nem prejudicados”. O diretor da Aspra ainda alegou que a PM foi convocada pela população civil a executar ação no Cabula. “Nós fomos convocados para essa situação. Populares ligaram para a polícia dizendo que havia 40 homens armados, prontos para assaltar um banco. Foram doze policiais apenas, contra 40 homens. 

 
27/02 - 07:14


 Vilma Reis, presidente do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado da Bahia (CDCN), afirmou que considera que a fala do governador Rui Costa sobre a ação policial que matou 12 pessoas no Cabula é o mesmo que dar licença para matar. Ela participou da audiência publica realizada nesta quinta (26) pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA) para discutir o fato. “A fala do governador foi desastrosa. Ela passou por cima de todas as prerrogativas legais. Um governador é o comandante chefe da polícia. Ele não pode, antes de qualquer investigação, se antecipar e tirar os mecanismos legais, o protocolo e liberar a tropa, pois, senão, ele abre a brecha para a ilegalidade”, afirmou. Vilma ainda afirmou que a polícia está sendo usada "para sustentar o narcoestado, o narcoparlamento e sustentar uma narcomunicação”. “A polícia ataca e o Estado se sente aliviado. A gente não vai admitir isso”, disse. A presidente do CDCN declarou que a polícia vive uma “incompreensão histórica” e que a guerra contra tráfico é, na verdade, uma “guerra contra os negros”. “Eles não entendem que são massa de manobra. Acham que tem o poder, que tem que combater a população, tratar a população negra e pobre como inimiga”, afirmou. E seguiu dizendo que “a polícia devia ser o último recurso a chegar nas comunidades, mas tem sido o primeiro e único, muitas vezes. É importante que a política policial seja a última, não a primeira. E a população está com muito, muito medo. Como se vive com todo mundo? Você tá sempre à margem, pois tem uma força na sua comunidade que botou rótulo em todo mundo. O Brasil não tem pena de morte. A gente não vai permitir que um narcoparlamento venda o medo à sociedade e ande com os helicópteros entupidos de cocaína e estabeleçam o terror nas comunidades”, concluiu. Vilma ainda disse que participou de manifestação ocorrida no dia 11 de fevereiro contra a ação e que pôde ver que os moradores estão assustados. “Não querem se pronunciar sobre nada. Se perguntam sobre como isso pode ter acontecido. Na manifestação, tinham mães que só faziam chorar. Tinha uma senhora que só repetia a frase: “Meu Deus, eu só mandei ele comprar uma pizza”. Os jovens estavam com muita garra durante a manifestação. Depois, tiveram que ser levados pelos mais velhos, pois sabíamos que ela estava infiltrada por policiais”, contou. “Isso é um absurdo. Quer dizer, teremos que lutar dentro da própria democracia para conseguir a democracia. Eu ainda espero ver nesse país uma justiça restaurativa, ao invés de justiça criminal”, concluiu. 

 
27/02 - 07:10


 O presidente da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC), José Hélio Fernandes, em almoço realizado pela 1ª Reunião do Conselho Nacional de Estudos em Transporte, Custos, Tarifas e Mercado (Conet), disse que “o mercado não está tão preparado” para arcar com um reajuste na tabela de frete dos caminhoneiros autônomos. O tópico está incluído no pacote de propostas que o governo federal apresentou aos representantes da categoria, que bloqueia há uma semana estradas federais de mais ou menos dez estados brasileiros, na última quarta-feira (25). De acordo com Fernandes, o mercado dos transportes está em retração. “Com essas decisões que o ministro [da Fazenda, Joaquim] Levy tomou agora, de aumentar os juros, aumentar o IOS, tudo isso encareceu a televisão que você vai comprar. Nós só vamos transportar mais se mais produtos forem vendidos”, explicou o empresário. Outra razão é o posicionamento das empresas que contratam o serviço das transportadoras, que resistem em aceitar o reajuste cobrado no valor do transporte. Sem esse acréscimo no valor, as empresas que contratam caminhoneiros autônomos não teriam margem para sustentar o reajuste na tabela do frete. Apesar das dificuldades enfrentadas pelo setor, a categoria reconhece a necessidade de corrigir a defasagem no valor do frete. Um estudo realizado com 250 empresas, apresentado no Conet, mostra que a defasagem no valor do frete cobrado pelas transportadoras é de 14,11%. Esse valor, no entanto, pode variar para mais ou para menos, dependendo da realidade de cada empresa. “O mercado é muito livre, é uma concorrência normal de mercado. Pode ocorrer defasagem maior do que 14% em alguma empresa, com algum cliente, não com todos. E pode ter também valor menor ainda”, acrescenta João Hélio Fernandes. O assessor técnico do NTC, Lauro Valdívia, explica que o Brasil não tem hoje um valor ideal por quilômetro. De acordo com Valdívia, são considerados o tempo de transporte (carregamento, transporte e descarga) e a distância percorrida. “Aí tem custos ligados à distância: combustível, pneu, lavagem de caminhão, lubrificante. E tem licenciamento, IPVA, seguro do veículo, salário do motorista. Esses custos estão ligados ao tempo”, conclui.

 
27/02 - 07:06


 A 13ª Vara da Fazenda Pública determinou, nesta segunda-feira (23), o cancelamento da cobrança do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) de Salvador para um contribuinte do bairro de Mares. De acordo com a decisão da juíza Andréa Paula Matos Rodrigues de Miranda, "houve um aumento inesperado do imposto", sem chances do contribuinte organizar as suas finanças para pagar o novo valor. "De um ano para o outro o IPTU sofreu um acréscimo superior a 100%, sem que se fosse assegurada ao contribuinte, que se pautava pelo comportamento do Município nos últimos vinte anos, a oportunidade de reorganizar suas finanças, preparando-se para o novo valor cobrado", diz a peça processual. Ainda de acordo com a sentença, ao determinar que o secretário da Fazenda de Salvador – à época, Mauro Ricardo – fizesse o aumento do tributo por alíquota aplicável, o município feriu “o princípio da reserva legal”. “O princípio da reserva de lei atua como limitação constitucional ao poder do Estado, que não pode restringir direitos ou criar obrigações através de seu poder regulamentar. Por esta razão, decretos e instruções normativas não podem dispor sobre base de cálculo e alíquotas, com modificações que importem em tornar o tributo mais oneroso, o que somente pode ser feito através de lei em sentido formal”, – ou seja, deveria ter sido feito através de lei, encaminhada para a Câmara Municipal de Salvador.

 
26/02 - 12:23


Os presidentes estaduais dos partidos "nanicos" PPS, PRP, PTdoB, PPL, PSDC se reuniram na quarta-feira (25) para desenvolver uma aliança já para as eleições do próximo ano. As legendas já se uniram no ano passado com a Frente Partidária Jorge Aleluia. Joceval Rodrigues, Alexandre Marques, Dilma Gramacho, Marcelo Barreto e Antônio Albino pretendem caminhar juntos no estado para tentar eleger o maior número de vereadores e prefeitos. "Esse encontro serviu para definir uma nova composição para a eleição de 2016. Nosso objetivo é marchar juntos, apoiando, nos municípios em que tivermos candidatos, o nome mais forte de um desses cinco partidos", disse Joceval, líder do PPS. Ele também acredita que não é prematuro começar a formar alianças, já que o prazo para filiações termina no dia 30 de setembro: "Portanto é natural que os partidos comecem a se movimentar um pouco antes".

 
26/02 - 11:26


Ao menos em uma coisa prefeitura, Ministério Público e Ibama concordam quando o assunto é a Avenida Tamburugy: já passou da hora de ela ser liberada para o uso da população. Porém, para que a obra - que está 90% concluída e deveria ser entregue em 2013 - comece de fato a auxiliar a redução do engarrafamento na Avenida Paralela, o MP e o Ibama cobram do Município e do estado contrapartidas, já que, segundo as entidades, a construção da via não respeitou as normas ambientais vigentes. 

 
26/02 - 11:26


Ao menos em uma coisa prefeitura, Ministério Público e Ibama concordam quando o assunto é a Avenida Tamburugy: já passou da hora de ela ser liberada para o uso da população. Porém, para que a obra - que está 90% concluída e deveria ser entregue em 2013 - comece de fato a auxiliar a redução do engarrafamento na Avenida Paralela, o MP e o Ibama cobram do Município e do estado contrapartidas, já que, segundo as entidades, a construção da via não respeitou as normas ambientais vigentes. 

 
26/02 - 11:26


Ao menos em uma coisa prefeitura, Ministério Público e Ibama concordam quando o assunto é a Avenida Tamburugy: já passou da hora de ela ser liberada para o uso da população. Porém, para que a obra - que está 90% concluída e deveria ser entregue em 2013 - comece de fato a auxiliar a redução do engarrafamento na Avenida Paralela, o MP e o Ibama cobram do Município e do estado contrapartidas, já que, segundo as entidades, a construção da via não respeitou as normas ambientais vigentes. 

 
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | Proxima | Última »»
02/02/2015 | 22:18:55
Assembleia Legislativa: Eleição para presidente da Casa

(Fernanda Dourado) 

A sessão durou cinco horas e foi interrompida por diversas vezes. No início, dois candidatos disputavam a presidência da Assembleia Legislativa: os deputados Marcelo Nilo, do PDT e Rosemberg Pinto, do PT.  Durante a reunião, o parlamentar petista falou que a candidatura do adversário era inconstitucional, resolveu não participar mais do pleito e se retirou do plenário com todos os outros 10 deputados do PT. Sem a bancada do Partido dos Trabalhadores, o presidente da sessão, deputado Reinaldo Braga, conduziu os trabalhos. Um a um, os parlamentares escolheram a nova mesa diretora da Casa do povo para o período 2015/2016. O deputado estadual Marcelo Nilo, que está em seu sétimo mandato, foi eleito pela quinta vez consecutiva presidente da Assembleia Legislativa da Bahia. Dos sessenta e três deputados, 52 votaram. Apenas um parlamentar votou nulo. A nova mesa diretora ficou formada pelo presidente da Casa, deputado estadual, Marcelo Nilo, e mais oito parlamentares:  deputado Adolfo Menezes, do PSD, foi eleito como 1º vice-presidente da Casa. A vaga de 2º vice-presidente foi ocupada pelo o democrata Tom Araújo do DEM. A 3ª vice ficou com o deputado Carlos Geilson do PTN. Na quarta vice-presidência, foi eleito o deputado pastor Sargento Isidório (PSC). Na 1° secretaria, o deputado Leur Lomanto do PMDB. Na 2ª secretaria, o deputado Aderbal Caldas do PP. A 3ª secretaria vai ser ocupada por Fabrício Falcão do PCdoB. A  4ª secretaria vai ser ocupada pelo deputado Sidelvan Nóbrega (PRB).  O 1° vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual Adolfo Menezes, diz estar feliz em ser conduzido ao cargo por unanimidade dos 52 parlamentares que votaram. Para o presidente da Assembleia, Marcelo Nilo, que foi escolhido dez vezes consecutivas como destaque parlamentar e diz ter sido procurado pelos próprios colegas parlamentares para disputar novamente a presidência da Casa, assumir o mais alto cargo do Poder Legislativo é um compromisso que sempre se renova.

 

14/01/2015 | 13:11:03
Tumulto na eleição da UPB; Quitéria e Ricardo Machado posam juntos para foto

 (Por Fernanda Dourado)

A eleição da UPB está pegando fogo. Logo no início um tumulto. Um militante petista, que estava com a blusa do candidato Ricardo Machado (PT), prefeito de Santo Amaro, acusava (sem provas) militante da candidata Maria Quitéria, prefeita de Cardeal da Silva, candidata a reeleição, a fazer campanha próxima a votação. O presidente da Comissão eleitoral intermediou a situação. E o clima voltou a ser pacificado.  Ao todo são 390 prefeitos associados à União dos Municípios da Bahia irão escolher quem será o novo presidente do órgão, cujo orçamento anual é pequeno, de R$ 5,4 milhões, mas possibilita o contato direto com lideranças políticas dos 417 municípios do Estado. Já na entrada da sede da UPB, militantes – vestidos com a camisa de Ricardo Machado -  distribuíam santinhos e faziam muito barulho.  A candidata Maria Quitéria, que estava com sua campanha um pouco tímida na sede, diz que não se intimidar com o barulho do adversário petista. “Não trouxe ninguém do interior para fazer barulho. Além de termos custos com isso não concordo. Isso não vai influenciar os 280 prefeitos – que já estão fechados comigo”, alfinetou. Já Ricardo Machado disse que o barulho, segundo ele, feitos por amigos e militantes, influência o voto. “Não sou eu que estou fazendo. Quem organizou foram os meus amigos e militantes. Mas é igual a time de futebol. Influência”, afirmou. Os dois candidatos estavam lado a lado fazendo campanha e pousaram para uma foto juntos a pedido do Bahia Repórter.  

12/01/2015 | 23:41:57
Candidato à presidência da Câmara, Eduardo Cunha faz campanha na Bahia; Evento atraiu autoridades e jornalistas

 (Por Fernanda Dourado) O líder do PMDB e candidato à presidência da Câmara Federal, Eduardo Cunha, esteve em Salvador nesta segunda-feira (12) onde cumpriu uma vasta agenda de campanha à Presidência da Câmara. Ciceroneado, pelo peemedebista e deputado federal Lúcio Vieira Lima – parlamentar muito bem relacionado no meio político e na imprensa baiana - o concorrente iniciou a maratona em entrevista no jornal da Metrópole.  Durante a manhã, o líder do PMDB na Câmara se reuniu com o prefeito da capital, ACM Neto, em seguida com o governador Rui Costa. Às 13 hs, o deputado participou de um almoço com a imprensa e a bancada federal. Na coletiva de imprensa, o líder do PMDB – que deixou de lado o recesso parlamentar para correr atrás de votos -  falou sobre diversos assuntos políticos e a respeito da sua maratona de viagens  intensificada a três semanas da eleição para presidente da Câmara dos Deputados.  Durante a coletiva,  surgiu a especulação de quem seria o novo líder do PMDB na Câmara, ele afirmou que não tem intenção em continuar na liderança, mas que pode ser qualquer um dos 65 deputados da ala. “Eu quero ser o presidente da Câmara. E combinamos que a discussão sobre o assunto só acontecerá depois da eleição que vai ocorrer no dia 1°”, assegurou ao despistar a possibilidade do deputado federal Lúcio Vieira Lima assumir o seu lugar na liderança. Quando questionado pelo Bahia Repórter a respeito da queda do PMDB na bancada de deputados federais  eleitos em 2014 – que elegeu 66 parlamentares  – 11 a menos do pleito de 2010, tratou logo de alfinetar o PT. “Novos partidos foram criados e alguns políticos da ala foram para outras legendas.  A queda foi no PT, já que ninguém deixou o partido e mesmo assim ocorreu uma redução no número de legisladores”, alfinetou. Ao ser indagado pelo BR sobre a sua candidatura ser vista com restrições pelo Palácio do Planalto por ele ter comandado as principais rebeliões da base governista – que geraram derrotas políticas, ele se irritou e foi enfático. “Isso não existe”, bradou. O evento – que atraiu jornalistas, secretários, presidentes de partido, deputados federias eleitos e novos parlamentares federais – deu ainda mais força à candidatura do peemedebista - que não quer saber de recesso parlamentar e parece estar disposto a fazer campanha até o dia 31 de janeiro – quando termina o recesso parlamentar. Os trabalhos na Câmara serão retomados no dia seguinte, um domingo. Na ocasião, os 513 deputados da nova legislatura vão tomar posse, e a Mesa Diretora será eleita para comandar a Casa pelos próximos dois anos.

06/01/2015 | 12:18:25
Secretaria Estadual de Planejamento

 A solenidade de transmissão de cargo do secretário Sérgio Gabrielli para o vice-governador João Leão na Secretaria Estadual de Planejamento foi muito disputada e atraiu deputados estaduais e federais, senador, secretários, prefeitos e diversas autoridades de governo. O novo gestor da pasta que já foi secretário de infraestrutura e deputado federal disse que vai levar a experiência no Parlamento Federal para buscar recursos para o Estado baiano. O presidente da Assembleia Legislativa  Marcelo Nilo, que desejou muito sucesso ao novo secretário assegurou que o novo secretário vai trabalhar para trazer muitos recursos ao nosso estado.

06/01/2015 | 12:16:45
BR-324 e a avenida Luís Eduardo Magalhãe

  A nova via de ligação entre a BR-324 e a avenida Luís Eduardo Magalhães foi inaugurada pelo governador da Bahia, Rui Costa, no primeiro ato público após a posse no dia 1° de janeiro. De acordo com o governador a obra vai viabiliza a retirada de fluxo de carros e ônibus da região do Iguatemi.   Quem trafega no sentido BR 324-Paralela já pode utilizar o retorno sob o viaduto do largo do Retiro e seguir via Luis Eduardo Magalhães para acessar os dois sentidos da Paralela (Centro e Aeroporto) ou a orla, através da Estrada do Curralinho, que liga a Paralela ao Stiep.  A vida dos motoristas, que chegam à capital pela rodovia, acesso à Paralela sem passar pela região do Iguatemi vai melhor, segundo, este morador de um bairro próximo.  A ligação facilita ainda o acesso à estação Retiro do Metrô e vai melhorar a integração com ônibus coletivos e o trânsito no entorno.

18/12/2014 | 13:52:37
Presidente da Insinuante recebe Título Cidadão Baiano

(Por Fernanda Dourado)

O plenário ficou lotado. Autoridades, deputados estaduais, secretário e familiares estiveram presentes na entrega do Título de Cidadão Baiano ao presidente da Insinuante,  Luiz Carlos Batista. Aos 59 anos, o gestor da empresa, tem a mesma idade da primeira loja inaugurada na cidade de Vitória da Conquista, localizada no sudoeste baiano. Durante o discurso, Luiz Carlos falou sobre a história de vida e as dificuldades financeiras da época, mas que, segundo ele, a força de vontade e a união familiar alavancou a companhia a ser a uma das primeiras no Brasil e a primeira da região a investir no conceito de megaloja, com áreas gigantescas que vendem mais de 20 mil itens, incluindo o e-commerce entre eletrodomésticos, eletroeletrônicos, eletroportáteis, informática, decoração, hobby & lazer, equipamentos de telefonia e utilidades do lar. Luiz Carlos também fez questão de falar  sobre a relação de amor que tem com a Bahia.  “Na época que inauguramos a primeira loja tínhamos muitas dificuldades financeira. Mas conseguimos alcançar a empresa com a união familiar e a força de vontade aqui neste belo Estado que nos acolheu”, disse.  Para o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), a homenagem foi mais que justa – já que o presidente da Insinuante além de ter uma bela história de vida é um homem que representa o Estado baiano.  “Chegou aqui cedo aos 4 anos de idade. Mesmo com dificuldade conseguiu vencer na vida. Um exemplo”, parabenizou o Chefe do Legislativo.  Segundo o proponente da sessão o  deputado estadual Zé Raimuno (PT), que é da cidade de Vitória da Conquista, este é o primeiro Título de Cidadão Baiano sugerido por ele durante estes 4 anos de mandato por acreditar no homenageado e por sugestões de moradores da cidade. “Uma honra homenageá-lo.”, afirmou.  Filho de pais pernambucanos, Luiz Carlos Batista, nasceu no Rio de Janeiro e veio morar na Bahia aos 4 anos de idade. Casou com a baiana Rita de Casssia e teve três filhos baianos. O filho Antenor Neto falou do lado empresarial do pai e destacou o lado família de Luiz Carlos. “É um pai maravilho. Sempre que estar perto da gente. Estou orgulhoso da homenagem que o Parlamento estadual e o baiano fizeram para ele”, destacou Antenor Neto. A Máquina de Vendas, da qual a Insinuante faz parte, é a segunda maior varejista de eletrônicos e eletrodomésticos do Brasil, com mais de 1.100 pontos de vendas, localizados em todos os estados do país. Também é considerada uma das maiores empregadoras privadas do Brasil, com cerca de 30.000 colaboradores diretos e 100 mil indiretos. De acordo com o secretário da Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), Nestor Duarte, que esteve no evento representando o governador da Bahia Jaques Wagner (PT e pela amizade que tem com o homenageado, o tributo foi de excelente inciativa- já que o presidente da empresa ajuda a movimentar a economia do Estado e é um homem que merecedor da homenagem.  Hilgo Gonçalvez, CEO da Losango, esteve presente e também homenageou Luiz Carlos com uma placa. "Ele representa sucesso. Sou carioca e estou aqui apenas para homenagêa-lo.", festejou. 

13/12/2014 | 10:33:37
Bahia receberá R$ 12 mi para combater dengue e chikungunya

 O Ministério da Saúde destinou uma verba de R$ 12,3 milhões para ações de vigilância, prevenção e controle da dengue e febre chikungunya na Bahia. A decisão integra portaria publicada nesta sexta-feira (12) no Diário Oficial da União, segundo a qual todos os municípios brasileiros receberão uma parcela dos RS 150 milhões previstos ao combate das duas doenças no país. Feira de Santana, município baiano com o maior número de casos confirmados da febre (748), receberá R$ 400 mil da verba destinada ao estado, enquanto Salvador (com 57 casos) receberá quase R$ 2 milhões. De acordo com a pasta, ao receber as verbas, os municípios precisarão cumprir metas — como disponibilizar quantitativo adequado de agentes de controle de endemias, garantir cobertura das visitas domiciliares pelos agentes e adotar mecanismos para a melhoria do trabalho de campo. Segundo boletim publicado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), no último dia 10, desde setembro de 2014, quando o primeiro caso de chikungunya foi registrado na Bahia, já foram notificados 2.007 ocorrências da doença em 76 municípios. Procurada, a Sesab informou não ter posicionamento sobre como a verba será empregada no estado.

20/11/2014 | 18:32:26
Call Center x Serviços Precários

(Por Fernanda Dourado)

Os problemas como o assédio moral e a precarização das relações de trabalho enfrentados pelos profissionais de telemarketing, além da regulamentação da profissão foram assuntos debatidos em uma reunião, na Comissão de Direitos do Consumidor e Relações de Trabalho. Atualmente no estado são 40 mil profissionais de telemarketing, segundo a Associação dos Trabalhadores em Call Center do Estado da Bahia (Atracall) - que foi fundada recentemente. A associação já recebeu várias denúncias de operadores referentes as péssimas condições de trabalho a que são submetidos. De acordo com o presidente do Colegiado, deputado João Carlos Bacelar (PTN), será marcada uma audiência pública em data a ser definida, para a qual serão convidados representantes do Ministério Público do Trabalho, Secretarias Estaduais do Trabalho e da Saúde, INSS, Codecon, Delegacia Regional do Trabalho, sindicatos, representantes das empresas, além dos trabalhadores.

Antônio Conselheiro