Publicada em 08 de Abril de 2019 ás 07:29:19
Para bolsonaristas, presidente deve voltar a falar com seus eleitores

Enquanto analistas e políticos pedem que Jair Bolsonaro (PSL) pare de fazer campanha, saia do Twitter e comece a governar, uma parcela de apoiadores dele faz um apelo em sentido contrário: presidente, pare de tentar negociar com o Congresso e volte a falar diretamente com o povo. Esse foi o sentimento dominante entre as oito pessoas reunidas pela reportagem na última terça-feira (2), todos eleitores de Bolsonaro que se mantêm fiéis a ele, apesar do desgaste de seus cem primeiros dias de governo. Não que o governo seja todo perfeito, tá ok? Para eles, Bolsonaro vem, sim, mostrando um calcanhar de aquiles: a comunicação. Para o estudante de sociologia Jonas Buccini, 20, o presidente deveria ir à TV e às redes sociais mostrar o real estado da economia. Só assim para cair a ficha na população de que a reforma da Previdência é importante e que é preciso pressionar o Congresso para aprová-la logo. "O [Ronald] Reagan, quando assumiu [como presidente dos EUA, em 1981], mostrou com gráficos como estava deteriorada a situação". Opinião parecida tem a aposentada Leocádia de Castro, 63. "O pessoal fala para [Bolsonaro] não falar, mas ele tem de falar para nós, seus eleitores. Porque a mídia faz tudo para dificultar o trabalho dele". Todos lá adoram WhatsApp e redes sociais. Mas nos rincões do país as pessoas assistem à TV Globo, afirmam.

 

[ Imprimir ]