Bahia Repórter
Publicada em 02 de Agosto de 2019 ás 10:20:42
Juiz quer saber se ‘Vermelho’ foi pago por ataque hacker

 

O juiz federal da 10ª Vara de Brasília, Ricardo Leite, afirmou haver ‘incongruências’ no depoimento de Walter Delgatti Neto, suspeito de liderar a organização alvo da Operação Spoofing, que teria hackeado mil pessoas, entre elas, autoridades dos três Poderes. Essa foi uma das razões para converter a prisão temporária – por cinco dias prorrogáveis – dos investigados em preventiva – por tempo indeterminado. Em depoimento, Delgatti chegou a dizer que agiu sozinho, e não foi remunerado pelo crime. No entanto, o magistrado também afirma querer saber se ele foi pago. O juiz anota a necessidade de apurar a ‘motivação de Walter Delgatti Neto ao repassar informações sigilosas ao sítio eletrônico Intercept, e se recebeu alguma quantia em pagamento’. “O investigado afirma ter agido sozinho e não ter recebido nenhuma vantagem em troca das mensagens capturadas das contas do Telegram de suas vítimas.
a.u.i.s.p

[ Imprimir ]