Bahia Repórter
Publicada em 07 de Agosto de 2019 ás 13:12:30
Lava Jato acusa operador do PSDB de prejuízo de R$ 7 mi por desvios em obras da Dersa

 O Ministério Público Federal ajuizou ação contra o ex-diretor da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) Paulo Vieira de Souza, apontado como operador do PSDB, e mais dois investigados por supostos atos de improbidade administrativa que causaram prejuízo de R$ 7,3 milhões aos cofres públicos. Segundo a ação, entre 2009 e 2011, o ex-diretor da empresa estatal paulista comandou um esquema de desvio de verbas destinadas ao reassentamento de pessoas desalojadas por três grandes obras viárias em São Paulo – o Rodoanel Sul, a nova Marginal Tietê e o prolongamento da avenida Jacu Pêssego.

a.u.i.s.p

[ Imprimir ]