‘Se desarmamento fosse exitoso, País não teria batido recordes de homicídios’, diz Moro