Para bolsonaristas, presidente deve voltar a falar com seus eleitores