Seja bem vindo! Salvador, 23 de Outubro de 2014
   
Notícias
Publicada em 06 de Dezembro de 2010 ás 08:00:00 Share

Traficantes exibem cordões de ouro em álbum de fotografias

Você conhece alguém que ande com jóias de R$ 300 mil? O Fantástico teve acesso a um álbum de fotos do tráfico. Uma espécie de coluna social dos bandidos. Nas ruas do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, traficantes exibem quilos de ouro. Circulam em motos, promovem festas de luxo no meio da favela, sempre carregados de pedras preciosas. Colares, pingentes, anéis, que chamam a atenção até de quem entende de joalheria. “Olhando essas imagens, quase 100% de certeza que é ouro. Pode notar a coloração, a própria espessura da peça, a forma, a cor que ela fotografa, a probabilidade é que seja ouro, do bom”, analisa Carla Pinheiro, presidente da Associação dos Joalheiros - RJ. Ela explica que essas jóias não são vendidas em lojas comuns, mas fabricadas artesanalmente. “Correntes são bem feitas, isso indica uma possibilidade de fundição, modelagem, mas algum tipo de equipamento específico”, analisa. Quem são essas pessoas que têm o seu próprio joalheiro? Perguntamos ao delegado responsável pelo combate ao tráfico de drogas no Rio de Janeiro. “Esse traficante da imagem é o Biscoito, ele era uma liderança da Mangueira, estava escondido no Alemão e de lá davam ordens pra gestão das ações criminosas. O de camisa branca era o Claudinho CL. Com certeza ele é procurado”, mostra Pedro Medina, delegado de combate ao tráfico de drogas (RJ). “Esse outro é o bebezão. Tem mandado de prisão pendente, bastante perigoso”, mostra Medina. Um dos homens reconhecidos por Medina é conhecido como Faustão. Ele foi preso durante a operação no Complexo do Alemão quando tentava fugir. E o álbum guardava uma surpresa. A intimidade de FB - o chefe do tráfico na região. “Foi um dos responsáveis pela onda de terror que assolou o Rio de Janeiro”, conta o delegado. A polícia confirma que todos eles estavam escondidos dentro do Conjunto de Favelas do Alemão. Muitos, fugindo de regiões onde foram instaladas as Unidades de Polícia Pacificadora, as UPPs. Achavam que lá, ninguém ia mexer com eles. “Trabalhos investigativos possibilitaram determinar que quase todas lideranças do tráfico de drogas dessa facção passavam durante a semana no interior daquela comunidade uma vez que sabiam que era raro diligências, operações policiais ali”, diz o delegado. Rose é a única traficante que aparece nas fotos. Seria gerente de uma favela inteira. Mas ela não é a única mulher fotografada ostentando armas e ouro. Um dos arquivos tinha 55 fotos. Só de pessoas ligados aos traficantes. Um pingente de ouro e diamante é uma réplica da igreja da Penha. Outras usam as iniciais dos criminosos com quem são casadas ou de quem são amantes. Nas legendas elas recebem o título de "fiel" do bandido. Até crianças foram fotografadas ostentando quilos de ouro puro. A menina com anéis em todos os dedos. E a filha de um dos chefões do tráfico aparece com o uniforme de uma escola particular muito cara. Um dos poucos luxos que extrapolam a favela. “Eles usam isso pra demonstrar o poder, seduzir as meninas para que eles tenham casos com elas, pra mostrar poder, mas também porque não têm como usar o dinheiro fora da localidade. Sempre que saíam, viajavam, compravam roupas, corriam risco de ser presos. Eles são escravos do próprio dinheiro e do território, e agora nem território eles têm porque a gente foi lá e tomou. Não vamos ver nem ouro, nem crianças usando cordões de ouro, isso a gente nunca mais vai ver no Alemão”, afirma Allan Turnowski, chefe da Polícia Civil (RJ). As informações são do G1.

 

 

Leia Também
Fernanda Dourado entrevista o jornalista Levi Vasconcelos no programa Bahia da Gente

 Em um bate-papo descontraído, o jornalista e colunista do jornal A Tarde Levi Vasconcelos foi o entrevistado da apresentadora Fernanda Dourado no programa Bahia da Gente - exibido pelo Canal Assembleia e transmitido pelo canal 14 da SIM e via internet. Durante a conversa - o comunicador que é natural da cidade de Valença - falou sobre o início da sua carreira, a experiência como vereador na cidade onde nasceu, dentre outros assuntos. Confira aqui

 
Assembleia Legislativa: Joacy Dourado assume mandato
O ex-prefeito de Irecê Joacy Dourado (PT) tomou posse nesta segunda-feira (21) na Assembleia Legislativa, após a recontagem de votos e consequente redistribuição das cadeiras determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O gabinete 207 do Anexo Wilson Lins, ocupado até a última sexta-feira (18) pelo agora ex-deputado Capitão Tadeu (PSB), é o destino do petista. Durante o protocolo de assinatura da posse Dourado criticou a morosidade da Justiça.
 
191 anos da independência da Bahia

(Por Fernanda Dourado)

As comemorações pelos 191 anos da independência da Bahia levaram crianças, adolescentes, moradores e turistas às ruas da primeira capital do Brasil. Na lapinha, onde ficam guardados os carros do caboclo e da cabocla, o governador Jaques Wagner, o presidente da assembleia legislativa, Marcelo Nilo e o prefeito de salvador, ACM Neto participaram do hasteamento das bandeiras, em frente ao pavilhão 2 de julho.  Este ano, por conta da copa do mundo, o verde amarelo ainda estava mais forte na comemoração. O 2 de julho marca a independência do brasil na Bahia. Desde 2012, a data histórica foi instituída no calendário dos principais acontecimentos do Brasil. No período da tarde foi retomada com a homenagem da câmara aos heróis da independência e início do cortejo cívico até o campo grande. No local houve hasteamento das bandeiras pelas autoridades, colocação de coroas de flores no monumento ao dois de julho, execução dos hinos ao dois de julho e nacional e acendimento da pira do fogo simbólico.  

 
Pedro Galvão deve ser substituído por empresário na Setur
Como consequência da tomada do PR pelo deputado federal João Bacelar, tudo indica que o atual secretário estadual de Turismo, Pedro Galvão, vai cair. Ele deve ser substituído pelo empresário baiano Roberto Duran. Falta apenas o convite a ser formalizado pelo governador Jaques Wagner.
 
PT quer mostrar força em convenção marcada para o Parque de Exposições
Depois de encarar nos últimos meses discursos adversos de que houve imposição na definição da majoritária governista para as eleições de outubro, o petista Rui Costa (PT) chancela hoje a sua candidatura para governador do estado, tendo dois fortes apoiadores: a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As estrelas nacionais do PT estarão presentes na convenção, que acontece a partir das 9h, no Parque de Exposições, em Salvador. Os candidatos ao governo, a vice, João Leão (PP) e ao Senado, Otto Alencar, também mobilizam a base com seus candidatos a deputado federal e estadual para impulsionarem a corrida. Lideranças do PT e aliados do governo preveem um evento de grande porte para dar o pontapé na campanha da majoritária ao Palácio de Ondina. Rui disse que pretende usar a imagem de Dilma e Lula, mas não quer fazer da tese do alinhamento federal um mantra. “Vou usar, mas nossa campanha vai mostrar muito o desempenho e as habilidades pessoais”, disse, sinalizando que terá peso a imagem dele próprio. Mas, para o início da maratona eleitoral, a perspectiva é de que a presença de Dilma e Lula dê força ao candidato. “A expectativa é muito positiva. Não quero dar previsibilidade, mas posso garantir que será ‘n vezes’ maior do que a deles”, disse, se referindo ao ato da oposição que oficializou Paulo Souto (DEM) ao governo, Joaci Góes (PSDB) para vice e Geddel Vieira Lima (PMDB) ao Senado.
 
TSE cassa mandato de Capitão Tadeu; decisão cabe recurso
A ministra Luciana Lóssio, em decisão monocrática, cassou o mandato do deputado estadual Capitão Tadeu (PSB), na última quarta-feira (25). O motivo são os cerca de 12 mil votos que pertencem a Vank Medrado, do PSL, ex-candidato a deputado estadual. Em dezembro de 2010, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considerou válidos os votos obtidos pelo ex-candidato, promovendo uma mudança no coeficiente eleitoral que acabou derrubando o deputado estadual eleito Carlos Brasileiro do PT e promovendo Tadeu para a vaga. Em entrevista ao Bahia Notícias, a advogada de Capitão Tadeu, Cristiane Sandes, informou que espera apenas a publicação para recorrer da decisão."Como saiu na quarta-feira, ainda não foi publicada no Diário. Estamos esperando essa publicação para recorrer. Enquano isso, Tadeu continua legislando", garantiu. Ainda de acordo com a defesa do deputado, a Polícia Federal concluiu um inquérito que aponta fraude no pedido de reconsideração dos votos de Vank. "A ministra, que foi advogada da campanha de Dilma Rousseff, do PT, se prendeu à jurisprudência. Mas, o mérito ainda não foi julgado", pontuou.
 
Uziel Bueno se afasta da TV e do rádio para disputar vaga de deputado estadual
O jornalista Uziel Bueno se afasta, nesta sexta (27), da apresentação dos programas Brasil Urgente e Band Comunidade (TV Band Bahia) e das Rádios Tudo FM e Rádio 100, para disputar as eleições deste ano, concorrendo a uma vaga de deputado estadual. O comunicador é aposta do Partido Verde para ampliar a bancada na Assembléia Legislativa. Uziel chegou a assumir como suplente em dezembro de 2012, ficando até agosto de 2013. O nome de Uziel Bueno como candidato a deputado estadual será ratificado na convenção do Partido Verde, que acontecerá neste sábado, às 10h, no Sol Bahia Hotel, em Patamares.
 
José Carlos Aleluia: Pré de Wagner dá “tiro no pé”
“O pré de Wagner deu um tiro no pé ao reconhecer que o governo petista só fez concluir as barragens deixadas praticamente prontas por Paulo Souto”, afirma o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, ao saber das reações do PT na imprensa. “A única barragem que eles iniciaram foi a de Colônia, mas está parada para desespero da população de Itabuna”, observa Aleluia, que acompanha o candidato a governador, Paulo Souto, e os deputados federais Fábio Souto e Cláudio Cajado em visita a Rio de Contas, onde participam da procissão de Corpus Christi, na tarde desta quinta-feira (19). Para o líder democrata, o reconhecimento do pré de Wagner atesta que é enganosa a propaganda de construção de barragens do atual governo. “Eles abandonaram o programa de barragens para o semiárido de nosso governo. Só fizeram concluir o que deixamos quase pronto”.