Conecte-se Conosco
Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA)

Política

Brasil é o país do mundo que se sente mais abandonado pelos que o governam

Publicado

em

Entre os 25 países do mundo com maiores problemas e que se sentem em declínio e desamparados pelos que os governam, o Brasil está em primeiro lugar. De cada 10 brasileiros, 7 afirmam se sentir abandonados e em crise política, segundo o estudo Broken Sentiment 2021 do Ipsos divulgado dias atrás pela BBC Brasil.

Somente a Hungria e a África do Sul aparecem com índices de abandono da sociedade por parte de seus governantes parecidos ao Brasil. Segundo os responsáveis pela pesquisa, hoje quase todos os países do mundo revelam um sentimento de que os governantes trabalham somente para os mais poderosos e em proveito próprio, mas em nenhum país essa crítica aos governantes aparece tão forte como no Brasil. Os sentimentos da maioria da população são de “decepção e insegurança”.

74% dos brasileiros apelam, como remédio, à chegada de um líder forte que tire o país das mãos dos ricos e poderosos. De acordo com a pesquisa, esse líder deve ser capaz de “quebrar as regras e deve ser alguém de fora das instituições”. Isso indica, principalmente no Brasil, uma certa nostalgia pelos tempos da ditadura que hoje são vistos pelos mais desiludidos com a política como tempos de “ordem e sem corrupção”, algo que já sabemos que é falso.

Desse modo, se explica a alma do bolsonarismo alimentado hoje por seu líder com seus instintos de quebrar as instituições democráticas, de impor o autoritarismo e do uso da mentira e das fake news que, no melhor estilo do nazismo, repetidas mil vezes acabam parecendo verdade. O último exemplo de Bolsonaro é sua obstinação em afirmar que as urnas eletrônicas não são confiáveis nas eleições, sem nenhum fundamento já que são usadas e consideradas como as mais seguras na maior parte dos países civilizados e democráticos.

Por isso parece cada dia mais claro que a ideologia bolsonarista não só é conservadora e de extrema direita liberal, como tem em suas bases ligações com o neonazismo, como revela a antropóloga Adriana Dias, uma das maiores pesquisadoras do mundo sobre nazismo. Ao site The Intercept, a pesquisadora contou que encontrou referências a Bolsonaro em sites neonazistas datadas de 18 anos atrás, quando ele era ainda apenas um obscuro deputado. Isso é uma confirmação clara de que a parte da base bolsonarista tem ligações neonazistas. El país.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“A capacidade de diálogo é uma ferramenta indispensável”, afirma ACM Neto

Publicado

em


(Por Fernanda Dourado) 

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou durante seu discurso “que a capacidade de diálogo é uma ferramenta indispensável à construção de pontes e de soluções capazes de impactar a vida dos cidadãos para melhor”.  O democrata ainda disse que está “preparado para cuidar da Bahia e para fazer a minha parte com qualquer que seja o Presidente da República escolhido pelos brasileiros”, disse o ex-prefeito de Salvador. Nero ainda lembrou dos comentários quando assumiu a gestão municipal. “Não posso deixar de lembrar que em 2012 muita  gente dizia que Salvador não podia andar com as próprias pernas, que a gente ia ter que ficar de pires na mão implorando por ajuda – já que éramos oposição ao governo do estado e ao governo federal”, recordou. 

Continue lendo

Política

Apoiadores de ACM Neto começam a chegar no Centro de Convenções desde cedo; O empresário Zé Gomes diz que o clima é de empolgação

Publicado

em

(Por Fernanda Dourado)

O clima é de muita empolgação dos apoiadores do pré-candidato ao governo do estado, ACM Neto (DEM), afirmou em entrevista ao Bahia Repórter o empresário no ramo saúde, Zé Gomes, ao relatar que muitas pessoas já se concentram no local e, de acordo com a ele, começaram a chegar muito cedo, inclusive, lideranças do interior. Empolgado, Zé Gomes, conhecido como Bola, afirmou: “Animadíssimo. Ponta firme! Estou com ACM Neto”, afirmou. O Bahia Repórter estará cobrindo o evento nesta quinta-feira (2).


Continue lendo

Política

BN/ Paraná: Com o apoio de Lula, Wagner assume liderança de intenções de voto na Bahia

Publicado

em

O cenário de intenções de voto para o governo na Bahia muda quando os candidatos aparecem colados em presidenciáveis. É o caso do senador Jaques Wagner (PT), que quando associado a figura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assume a liderança. Já sozinho, o petista soma 23,1% e fica em segundo lugar (lembre aqui). Os dados são de levantamento do Instituto Paraná Pesquisas em parceria com o Bahia Notícias.


Com o apoio de Lula, Wagner soma 36,8% das intenções de voto para o governo da Bahia.

Neste cenário, o nome de ACM Neto (DEM) aparece com o apoio do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) e o democrata soma 36,6% da preferência dos eleitores. Sozinho o  ex-prefeito de Salvador lidera com folga com seus 54,8% .

O ministro da Cidadania João Roma (Republicanos) é beneficiado e cresce na preferência do eleitorado quando associado ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Se sozinho Roma tem 3,9%, com o apoio de Bolsonaro ele vai a 13,6%. 

Este cenário só considerou esses três nomes para o governo da Bahia. 

Os eleitores que não responderam são 4,4%  e votariam branco ou nulo 8,6%. 

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido