Conecte-se Conosco

Negócios

Litro da gasolina custa em média 67% mais que querosene de aviação

Publicado

em


Como é o combustível de um avião? Quanto custa? O mais popular é o querosene de aviação, e há uma surpresa com relação ao seu valor: a gasolina dos carros está muito mais cara: 67% a mais que o querosene.

O litro do QAV (querosene de aviação) era vendido ao consumidor final por uma média de R$ 3,787 em outubro. No mesmo período, a gasolina comum dos carros custava R$ 6,341 na bomba. Os dados são de levantamento nacional da ANP (Agência Nacional do Petróleo). Esses números são uma média, e podem ser encontrados valores maiores e menores.

Normalmente, a gasolina dos carros é mais cara mesmo que o querosene dos aviões. Mas a diferença ficou muito grande nos dois últimos anos. Em outubro de 2020, a diferença média foi alta também (78%). Mas em outubro de 2019, era de 48%. Em novembro de 2018, estava em 32% (outubro de 2018 não está disponível no site da ANP). O combustível de aviação é um produto cercado de peculiaridades que o diferenciam do combustível de um automóvel. Ele precisa ser capaz de operar em ambientes com temperaturas que vão desde os -50º C em voo até mais de 40º C no solo, entre outras características. Outro combustível também utilizado na aviação, mas, geralmente, em aviões de menor porte, é a gasol… – Veja mais em https://economia.uol.com.br/todos-a-bordo/2021/11/21/custa-combustivel-aviao-querosene-gasolina-tipos.htm?cmpid=copiaecola

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Negócios

Dólar dispara 2,63% e fecha acima de R$ 5; Bolsa recua 1,15%, pior nível desde janeiro

Publicado

em

O dólar disparou neste início de semana e fechou acima de R$ 5,00 pela primeira vez desde 17 de março (R$ 5,0343). Após operar com sinal positivo desde a abertura das negociações, com renovação sucessiva de máximas ao longo da tarde, o dólar encerrou o primeiro pregão de maio em alta de 2,63%, a R$ 5,0727 – você pode acompanhar a cotação no conversor de moedas do Estadão.

A alta foi registrada em meio à onda de fortalecimento global da moeda norte-americana, nesta segunda, 2. À cautela em torno da decisão de política monetária do Banco Central norte-americano na quarta-feira, 5, que pode trazer um tom mais duro ao mercado, somaram-se temores de desaceleração da economia mundial em momento de inflação elevada, a chamada estagflação.

Dados de atividade industrial abaixo do esperado nos Estados Unidos e, sobretudo, na China assustaram os investidores. Os lockdonws prescritos pela política de covid zero no gigante asiático traçam um cenário ruim para commodities, levando a uma queda em bloco das moedas emergentes.

Com o forte avanço, a desvalorização do dólar no ano, que chegou a superar 17%, voltou a ser de um dígito (-9,02%). O real liderou hoje as perdas entre divisas emergentes, seguido pelo rand sul-africano, com baixa na casa de 2%, e pelo peso chileno e colombiano, que caíram mais de 1%.

Continue lendo

Negócios

Câmara aprova retomada da gratuidade no despacho de bagagens

Publicado

em


A Câmara dos Deputados aprovou em sessão na noite de terça-feira (26), por 273 votos a favor e 148 contrários, a retomada do despacho gratuito de bagagem de até 23 quilos em voos nacionais e de até 30 quilos em voos internacionais. A mudança faz parte de medida provisória que reformula a legislação do setor aéreo. A matéria segue para análise do Senado.

Os deputados aprovaram emenda da deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) que inclui um dispositivo no Código de Defesa do Consumidor proibindo as companhias aéreas de cobrarem qualquer tipo de taxa, em voos nacionais, pelo despacho de bagagens de até 23 kg; e em voos internacionais, pelo despacho de bagagens de até 30 kg.

A proposta aprovada define o serviço aéreo como uma atividade de interesse público que, mesmo que submetida à regulação, pode ser livremente explorada pelos entes privados. O texto do relator, deputado General Peternelli (UB-SP), prevê que qualquer pessoa física ou jurídica poderá explorar serviços aéreos, observadas as normas do Código Brasileiro de Aeronáutica (CBA) e da autoridade de aviação civil. A proposta também muda valores e tipos de ações sujeitas a taxas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Com informações da Agência Brasil.

Continue lendo

Negócios

Compra do Twitter por Elon Musk não deve afetar eleições, avalia TSE

Publicado

em

A compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk  não deve afetar os  acordos estabelecidos entre a rede social e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições deste ano, avalia a Corte, de acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo. 

Atualmente, o Twitter, assim como diversas outras plataformas digitais, mantêm acordos com o TSE para combater a disseminação de desinformação eleitoral.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido