Conecte-se Conosco

Política

Podemos foca Sul e Sudeste para alavancar Moro e quer MBL para governo de SP

Publicado

em

A presidente do Podemos, Renata Abreu, mira o Sul e o Sudeste como as principais regiões para alavancar a candidatura do ex-juiz Sérgio Moro à Presidência da República.

A aposta é que um pequeno crescimento nessas regiões, sobretudo nos estados mais populosos, como São Paulo, pode representar um acréscimo relevante na disputa.

Segundo Abreu, São Paulo é onde o Podemos tem uma de suas maiores forças, com cinco prefeituras: Osasco, Mogi das Cruzes, Rio Grande da Serra, Taboão da Serra e Itapevi.

No Rio de Janeiro, ela afirma que a intenção é lançar um candidato ao Senado, mas que o nome ainda não foi definido.

Já no Sul, no Paraná, terra natal de Moro, a aposta será na reeleição do senador Alvaro Dias (Podemos). No Distrito Federal, Abreu quer lançar o senador Reguffe ao governo.

Apesar do investimento nas regiões onde Moro já vai melhor, o Podemos quer que ele siga o giro no Nordeste e também fará esforço por palanques na região.

O Podemos tem Eduardo Braide, prefeito de São Luís, capital maranhense, por exemplo, e aposta que lá Moro poderia pontuar melhor.

A presidente da legenda diz que o momento é justamente de reunir o partido e ajustar as candidaturas em cada região, enquanto Moro também faz um giro pelo país e mira segmentos específicos para alavancar a candidatura.

As próximas viagens do pré-candidato à Presidência serão para Ceará, Piauí e Espírito Santo. Na semana passada, Moro já esteve pelo Nordeste. Nesta semana, ele foi ao Rio de Janeiro, a Brasília e a São Paulo.

Moro desembarcou em Brasília onde conversou com o economista Marcos Cintra pelo telefone. Cintra é ex-secretário da Receita Federal do governo Bolsonaro e planeja apresentar um plano econômico ao ex-juiz.

O pré-candidato também conversou com o núcleo que elabora o plano de governo voltado para a Amazônia, que é coordenado pelo economista Affonso Celso Pastore, com o general Carlos Alberto dos Santos Cruz (Podemos) e com coordenadores estaduais do Podemos.

Em São Paulo, Moro se reuniu com o grupo de especialistas em direito que o ajuda a elaborar propostas de mudanças para o Judiciário.

Na segunda (10), no Rio de Janeiro, o ex-juiz encontrou-se com o ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa. Apesar da reunião, o ministro aposentado da corte não pretende apoiar o ex-ministro da Justiça porque o vê com desconfiança.

Barbosa desaprova a aproximação do pré-candidato com procuradores da Lava Jato e militares e também é crítico da decisão de Moro de largar a magistratura e ter assumido o Ministério da Justiça de Bolsonaro.Julia Chaib/Folhapress

Política

Marcha para Jesus: Bolsonaro convoca evangélicos para o 7 de setembro

Publicado

em


Durante o discurso para os  fiéis que participam da Marcha para Jesus neste sábado (13), o  presidente Jair Bolsonaro (PL) convida o público do evento para participar do desfile do feriado de 7 de setembro, que ocorrerá na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro. O mandatário também pede por ‘transparência e liberdade’.

“No próximo dia 7, vamos todos às 15 horas, estar presente em Copacabana. Vamos dar um grito muito forte, dizendo a quem pertence esta nação. O que nós queremos é transparência e liberdade”, disse Bolsonaro em um trio elétrico, acompanhado do deputado federal Helio Lopes (PL).

Continue lendo

Política

Bolsonaro: carta pela democracia vale menos que ‘pastelzinho de vento’

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito”, neste sábado (13), em suas redes sociais. O mandatário disse que o documento vale menos que um “pastelzinho de vento”.  

Continue lendo

Política

Codecon vistoria 72 estabelecimentos comerciais durante Operação Dia dos Pais

Publicado

em

A Operação Dia dos Pais, realizada pela Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), contabilizou 72 estabelecimentos comerciais vistoriados nesta edição. 

Segundo a pasta, as visitas aos estabelecimentos foram realizadas pelos fiscais do órgão entre a última segunda-feira (8) até a sexta-feira (12). A operação teve como objetivo verificar as condições de oferta dos estabelecimentos comerciais e coibir práticas abusivas.

Os principais ramos de estabelecimentos visitados no período foram joalherias, perfumarias, óticas e lojas de calçados. Quatro estabelecimentos foram notificados por ausência de preços nos produtos, prática que infringe o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Durante a Operação Dia dos Pais deflagrada no ano anterior, 40 estabelecimentos foram notificados. Na ocasião, a maioria foi notificada por ausência de informação de preço nos produtos. As demais irregularidades identificadas à época foram ausência de um exemplar do CDC, não emissão de nota fiscal e comercialização de produtos com prazo de validade vencido.

Continue lendo
Propaganda [smartslider3 slider="2"]
Propaganda [smartslider3 slider="2"]

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido