Conecte-se Conosco

Política

Reduzir ICMS para conter alta de combustíveis é igual a tratar covid com cloroquina, diz Rui

Publicado

em

O governador Rui Costa voltou a criticar a PEC que limita a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis, energia, gás natural, comunicações e transportes coletivo, aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada.

O petista comparou o projeto ao tratamento ineficaz para o tratamento contra a Covid-19, muito incentivado pelo presidente Jair Bolsonaro no auge da pandemia. “O projeto é ruim e ineficaz. É igual a tratar covid com cloroquina. Com a mesma inteligência que o governo federal tratou a covid quer controlar o ICMS”, disse Rui em entrevista ao programa Isso É Bahia, da A Tarde FM, nesta segunda-feira (20).

Para o governador, a PEC é um jogo de cena “para tentar enganar a população em ano eleitoral”. “Não precisou mais de uma semana para mostrar que ao vai adiantar nada”, disse Rui se referindo ao reajuste na gasolina e no diesel anunciou pela Petrobras dias após a aprovação da medida. 

Rui ainda tocou em outro ponto polêmico do projeto, que prevê compensação aos estados que praticarem a alíquota do ICMS abaixo dos 17%, limite determinado pela PEC. Segundo ele, não há garantias de que isso vá acontecer. 

Política

PTB anuncia adesão a grupo a ACM Neto na BA, mas mantém apoio à reeleição de Bolsonaro

Publicado

em

Após tentativas de compor com a candidatura do ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL), para a corrida pelo governo da Bahia, o PTB anunciou, na noite desta sexta-feira (1º), a adesão ao projeto do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), para tentar ser governador da Bahia. O partido, no entanto, mantém o apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro – o ex-prefeito buscar manter o distanciamento da disputa presidencial sem se comprometer com os nomes que tentam chegar ao Palácio do Planalto.

O presidente do PTB na Bahia, Gean Prates, conduziu as negociações e agora foi nomeado presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal), integrando formalmente a administração do prefeito Bruno Reis, sucessor e afilhado político de ACM Neto. As idas e vindas com Roma incluíam a busca por indicação do candidato a vice do ex-ministro, porém as conversas não lograram êxito – Roma não garantiu o espaço para os petebistas.

“O Diretório Estadual do PTB Bahia, por seu Presidente Gean Prates, após ouvir a Executiva Estadual e o Conselho Político do partido, decidiu dar apoio à pré-candidatura do Sr. Antônio Carlos Magalhães Neto ao Governo do Estado da Bahia, razão pela qual passa a integrar as ações políticas dirigidas pela futura chapa majoritária União Brasil”, diz o comunicado, assinado por Prates.

Continue lendo

Política

Presidente do PT Bahia testa positivo para Covid-19 e não participa do 2 de Julho

Publicado

em

O presidente estadual do PT, Éden Valadares, informou, no começo deste sábado (2), que testou positivo para a Covid-19 e que vai suspender as atividades pelos próximos dias. Valadares era esperado no ato com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Arena Fonte Nova, coordenado pelo PT baiano e agendado para as 11h.

Por meio de uma postagem nas redes sociais, o dirigente indicou que um assistente dele testou positivo, o que o levou a fazer o autoteste. Valadares, no entanto, tranquilizou os seguidores: “Estou sem sintomas, tomei três doses da vacina, mas vou seguir o protocolo e suspender minha agenda pelos próximos dias”.

Continue lendo

Política

Com distância de poucos quilômetros, Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet cumprem agenda no mesmo dia em Salvador

Publicado

em

Pela primeira vez nesta corrida eleitoral, os quatro principais pré-candidatos a presidente visitarão a mesma cidade no mesmo dia: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) cumprirão agenda neste sábado em Salvador, mas em locais e horários distintos.

O aceno ao eleitorado baiano — o quarto maior do país, com 11 milhões de eleitores — ocorre no dia 2 de julho, um feriado estadual. A data é conhecida como Independência da Bahia porque foi quando os portugueses foram expulsos do estado, dez meses após a independência formal do Brasil. 

Os quatros presidenciáveis estarão em um raio de poucos quilômetros, mas não estarão juntos, com exceção de Ciro e Tebet. Os dois irão participar do tradicional cortejo cívico, que ocorre todos os anos. A previsão é que o desfile comece às 7h30, no Largo da Lapinha.

A cerca de oito quilômetros, no Farol da Barra, apoiadores de Bolsonaro começarão a se concentrar às 8h para uma motociata, que contará com a presença do presidente e do seu pré-candidato ao governo, o ex-ministro e deputado federal João Roma (PL).

Mais tarde, às 10h30, está marcado um ato com Lula na Arena Fonte Nova, a seis quilômetros de distância do Farol da Barra. Está prevista a participação do governador Rui Costa, do senador Jaques Wagner, ambos do PT, e do pré-candidato do partido ao governo estadual, o ex-secretário Jerônimo Rodrigues. 

Inicialmente, a concentração da motociata de Bolsonaro estava marcada para ocorrer nos arredores da Fonte Nova, mas o local foi alterado para evitar conflito com os apoiadores de Lula. 

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que mil policiais vão participar da segurança do cortejo, mas não divulgou se haverá um esquema específico para os locais de concentração de Bolsonaro e Lula. 

Com exceção de Lula, os outros três pré-candidatos já tiveram agendas públicas na Bahia na sexta-feira. Bolsonaro visitou obras em Feira de Santana e Maragogipe.

Globo

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido