Conecte-se Conosco

Política

Senado trabalha para reduzir em até R$ 3 preço do combustível, diz relator

Publicado

em

O senador Jean Paul Prates (PT-RN), relator do projeto sobre ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) no Senado, disse que o Congresso trabalha em um conjunto de ações legislativas que visam reduzir os preços dos combustíveis e do botijão de gás na conta do consumidor final ao “tirar de quem ganhou excepcionalmente”.
 

Conforme o senador, deve ser criada uma “conta de compensação” com fundos de lucros obtidos pelo governo com a “alta excepcional do dólar e do petróleo”, a fim de “garantir o preço internacional para o refinador e para o importador”, mas também um “preço mais acessível e condizente” com a realidade do país para o consumidor final. Assim, ele garante que o impacto desse pacote acarretará em uma “diminuição potencial” de até R$ 3 no diesel e na gasolina, e de até R$ 20 no botijão de gás de 13kg em um período de até 40 dias, a partir da aprovação pelo Executivo.
 

Em entrevista à CNN Brasil, Prates explicou que pautas que “estavam flutuando entre a Câmara e o Senado” foram aglutinadas. As pautas em questão são o PL (Projeto de Lei) 1472/2021, que visa a criação de uma conta para estabilizar os preços, aprovada anteriormente na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado e que deverá ser pautada pelo Plenário após o fim do recesso parlamentar em fevereiro; e a outra diz respeito ao PLC (Projeto de Lei Complementar) 11/20, aprovado na Câmara em 2021, que prevê que o ICMS fique invariável frente aos reajustes do preço do combustível nas refinarias e também às mudanças de câmbios.
 

“São dois projetos principais: Um estabelece uma conta de compensação, não é um fundo, onde você pergunta: ‘Quem paga o subsídio ao consumidor quando o preço disparar?’, que é o caso de dois anos para cá. Se a gente já tivesse feito essa conta de compensação, teríamos alimentado essa conta quando o preço baixou na pandemia, quando o preço do petróleo chegou a zero em alguns momentos, e teríamos agora saldo nessa conta para subsidiar uma alta sustentada”, iniciou.
 

Segundo o relator, é preciso colocar dinheiro nessa conta inicial e, pensando nisso, o Senado aprovou aquilo que ele chamou de uma “solução justa”.
 

“Quem que ganhou com a alta? A Petrobras e o governo federal, ganharam dividendos, os royalties aumentaram, participações governamentais na indústria do petróleo aumentaram, também as reservas internacionais se valorizaram, também alguns fundos estatais que têm superávit ganharam com isso. Então a gente pega todas essas fontes, normalmente vinculadas à alta excepcional do dólar e do petróleo, joga numa conta de compensação e permite que se faça o seguinte: Garantir o preço internacional para o refinador e para o importador para ele não deixar de investir, e para o consumidor garantir preços mais acessíveis e condizentes com a nossa condição de país autossuficiente em produção de petróleo”, explicou.
 

A outra parte projeto, diz Jean Paul Prates, refere-se ao ICMS cobrado na porta da refinaria, com o estabelecimento de um valor fixo em real por metro cúbico. Segundo detalhou, os estados que dependem economicamente do ICMS, mas não são produtores de petróleo, também serão beneficiados, e os governadores “não poderão reclamar”, pois, garante, não perderão em arrecadação.
 

“Os estados que dependem muito do ICMS para a economia e não são produtores de petróleo, da forma como vamos trabalhar, não poderão dizer que perderão em arrecadação, porque nós vamos pegar esse valor em reais e calcular de acordo com a variação dos últimos seis meses, só que congelando num valor fixo, de maneira que os governadores fiquem oscilando suas receitas de acordo com os preços de referência e, de 6 em 6 meses, este valor de ICMS em reais será revisto”, contou.
 

“O impacto do pacote que estamos preparando é de R$ 2 a R$ 3 reais de diminuição potencial do combustível líquido – diesel e gasolina -, e um impacto de R$ 10 a R$ 20 reais no botijão de gás de 13kg para o consumidor final”, destacou, ressaltando que o Congresso não pretende criar uma fórmula mágica, mas, sim “propiciar o instrumental, contas financiadas por fundos que têm a ver com a receita extraordinária do petróleo”, pois, uma vez que “o estado lucrou com a alta, ele devolve para o consumidor na forma de amortecimento, sem afetar a capacidade de investimento dos refinadores e importadores”.
 

Por fim, Prates reforçou que, embora tratem-se de projetos diferentes, eles são complementares, pois um “estabelece a monofasia e a questão da alíquota em reais por metro cúbico”, enquanto o outro “ataca o preço de referência na porta da refinaria”. O produto final seria essa conta de compensação para ser usada “apenas em períodos de altas excepcionais”.
 

“Essa conta é financiada com dividendos que a Petrobras paga ao governo federal, fundos estatais que têm superávit, reservas internacionais, royalties e participações governamentais e outras receitas petrolíferas”, completou, pontuando que a lógica por trás disso é que quem ganhou com os preços altíssimos, devolva à sociedade brasileira na forma de compensação.
 

“A gente espera que o Executivo seja capaz de provocar uma redução de R$ 2 a R$ 3 no preço da gasolina e do diesel em 40 dias, e de R$ 10 a R$ 20 no gás de cozinha, também em 40 dias. Depois é administrar a conta da forma mais inteligente: Alimentando quando o preço estiver baixo lá fora e jogando dinheiro nela para subsidiar quando o preço estiver excepcionalmente alto, como está agora.”
 

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Exclusivo: Com mais 900 mil seguidores, ACM Neto está entre os políticos com maior engajamento do país

Publicado

em

(Por Fernanda Dourado) 

O marketing de ACM Neto, ex-prefeito de Salvador,  nas redes sociais é, sem dúvida, um dos mais elaborados do país da classe política e deverá ser, sim, um dos cases de sucesso (estudo de casos)  nas faculdades e universidades que estudam política e mídias sociais no Brasil. Assim, como o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), se entregou durante a campanha para disputar o Palácio Tomé de Souza jogando até capoeira de calça jeans na campanha, ACM Neto, também tem abraçado a ideia de uma rede social informativa, mas interativa.

O Bahia Repórter visitou algumas páginas de políticos brasileiros (direita e esquerda) e não há como negar: a rede social do ex-gestor municipal é uma das mais profissionais, mas, também, mais humanizadas. Dessa forma, claro, consegue o  objetivo principal de uma rede social: o engajamento.

Mas o que é engajamento? 

Não é apenas o número de seguidores que interessa, mas, sim, o engajamento – que é o interesse e envolvimento dos seguidores com o conteúdo postado. A impressão ao analisar a rede social do democrata é que a coordenadora de rede, Arysa Sousa, e o ex-deputado estadual e coordenador político da campanha, Luciano Ribeiro, estão bem sintonizados – já que para alimentar uma rede social de um pré-candidato ao governo do estado é preciso também utilizar da estratégia, das informações e da agenda política. É impossível fazer uma rede de sucesso sem que não tenha sintonia com toda a equipe e, claro, com o dono da conta virtual – neste caso ACM Neto. 

Redes sociais estrategistas 

Apenas no Instagram, ACM Neto já tem 899 mil seguidores verificados, ou seja, reais. Só no Facebook, ele tem mais de 500 mil seguidores e quase 500 mil no Twitter. A título de comparação, não há na Bahia nenhum político que tem este número de seguidores. Contudo, por trás do sucesso nas redes sociais, porém, há uma forte (e inovadora) estratégia de marketing montada pela equipe de comunicação de Neto e tudo milimetricamente casado com o planejamento político.

Vídeos e edição 

De acordo com o site Cisco, em 2020 por volta de 75% do tráfego de acesso à internet pelo celular foi para assistir vídeos. A edição dos vídeos e reels ( vídeos de no máximo um minuto) de ACM Neto é muito profissional, mas ao mesmo tempo muito próxima dos seguidores. Em um vídeo de apenas um minuto ou até de 15 segundos, a equipe de Neto, usa e abusa da criatividade. 

Veja este exemplo: Um vídeo com uma gargalhada do ex-gestor e a legenda: “não gosto dele, mas ele é o cara” – chamou a atenção dos internautas com quase 1.600 comentários.


Trechos do discurso 

 A equipe utiliza muito os trechos dos discursos de ACM Nero na Bahia neste período pré-eleitoral. Mas por que utilizar estes trechos? Explico.  Há uma disparidade enorme entre um vídeo de “palanque” e um vídeo de estúdio! Obviamente que o de “palanque” além de ter o calor da emoção  há também o som ambiente, os apoiadores e a espontaneidade que jamais teremos em um texto de teleprompter (equipamento acoplado às câmaras de vídeo que exibe o texto a ser lido pelo apresentador) . Nada substitui um microfone nas mãos em cima de um palanque. São os vídeos que mais empolgam. Assista e tire suas conclusões! 



Nossa voz é nossa digital! 

O ex-prefeito utiliza de algo que é infinitamente pessoal e que ninguém tem uma igual a nossa: a voz. O gestor utiliza muito de nota coberta como chamamos no jornalismo (narração com imagens). Como ele já foi prefeito de Salvador por oito anos e ocupou os holofotes durante este período a voz dele ficou na memória e é bem utilizada. 

Legenda 

A edição é muito dinâmica e na maioria das vezes utilizam legenda. Mas por que utilizar legenda? Além da acessibilidade muitas pessoas colocam no modo silencioso, ou seja, assiste, mas não escuta. Dessa forma, quem não está ouvindo a mensagem está chegando através da leitura. 

Interação

A interação das redes sociais de ACM Neto é muito forte. Mas o que é interação? Interação é quando os seus leitores, público, fãs ou amigos respondem às suas atividades nas redes sociais ( comentários e directs). Isso acontece quando você posta algo que vale a pena comentar, cheio de valor, benéfico e útil, divertido e educativo ou, até mesmo, controverso.

Os comentários são respondidos?

O Bahia Repórter analisou as cinco últimas postagens e percebeu que apesar de ter um alto índice de engajamento os comentários não têm sido respondido. Mas qual a importância de responder ao comentário de um seguidor? Respondo. A mesma importante de cumprimentar um eleitor! Obviamente, é desumano colocar uma pessoa apenas para responder os comentários. Mas o fato é que é importante sim! Já os directs logicamente não tivemos acesso! Mas se os comentários nosso foram respondidos, os directs também nao.

Lives 

Apesar das lives terem conquistado o público em 2020 e ainda serem muito utilizada por políticos, o prefeito de Salvador, ACM Neto, ainda não utiliza com frequência, ou melhor, raramente utiliza. Durante a campanha, as lives devem ganhar ainda mais força – já que o alcance em número de pessoas é muito elevado, principalmente, para o ex-gestor que tem quase um milhão de seguidores.

Por que ACM Neto Nao utiliza as lives?

Esta resposta também não sei. Contudo, ele perde muito por não utilizar esta forte ferramenta. não sei se  por estratégia – Neto não tem utilizado esta ferramenta no insta – mesmo sabendo que lives entregam mais e engajam muito mais pelo poder de compartilhamento e, claro, pelo mecanismo do instagram de avisar aos seus seguidores que você está ao vivo! Ou seja, quando ACM Neto entra ao vivo.

Vale lembrar que devido ao fato da live não ter edição é a forma mais eficaz de gerar conteúdo e, claro, aproxima ainda mais barato político do público.



Continue lendo

Política

Bolsonaro e Rui participam da abertura de evento em Luís Eduardo Magalhães

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro e o governador Rui Costa confirmaram presença na abertura do Bahia Farm Show na próxima terça-feira (31). O evento acontecerá em Luís Eduardo Magalhães, município localizado da região Oeste da Bahia e é considerado a maior vitrine do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil.

Apesar de estarem no local no mesmo dia, as chances dos dois líderes se encontrarem é pequena, já que a presença deles deve acontecer em turnos opostos. A previsão é de que Rui participe pela manhã e Bolsonaro no período da tarde. 

O evento é encarado como uma boa oportunidade de angariar alianças para a próxima eleição, prova disso é que os três principais nomes na disputa pelo Governo da Bahia devem marcar presença. Os pré-candidatos João Roma (PL) e Jerônimo Rodrigues (PT) irão ao vento ao lado dos seus padrinhos políticos. Já a participação de ACM Neto (União) deve acontecer somente no terceiro dia de evento, na quinta-feira (2

Continue lendo

Política

Postos prosseguem com vacinação contra Covid-19 nesta quinta (26)

Publicado

em

Os postos da rede municipal de saúde de Salvador prosseguem com a aplicação da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (26), das 8h às 16h. A imunização contempla a estratégia “Liberou Geral” para aplicação da 1ª dose em pessoas com 12 anos ou mais, além da 2ª e 3ª dose para indivíduos com 18 anos ou mais, mesmo não morando em Salvador ou não tendo tomado as doses anteriores na cidade. O único requisito é ter o Cartão SUS vinculado a algum município do estado da Bahia.

O interessado deve apresentar, obrigatoriamente, original e cópia do cartão de vacina, carteira nacional de vacinação digital (ConectSUS) atualizada, documento de identificação com foto e comprovante de residência do município do Estado da Bahia.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido