Conecte-se Conosco

Política

Exclusivo: “ACM, meu amor” e “Lula lá”, estes jingles serão regravados? Veja na Coluna Questão de Ordem também os bastidores da política baiana

Publicado

em

Coluna Questão de Ordem: A imparcialidade e isenção são os maiores patrimônios do jornalismo. A coluna seguirá a mesma linha editorial do site Bahia Repórter com respeito aos citados, sigilo total das fontes – quando solicitadas, informações exclusivas, imparcialidade, apuração jornalística e histórica. Ou seja, o jornalismo como deve ser feito: com ética. Toda terça-feira , às 21 horas, impreterivelmente, uma coluna recheada de informações. Não durma antes de lê-la. A informação na política é uma preciosidade .

(Por Fernanda Dourado

Jingles – a alma de uma campanha 

A segunda edição da Coluna Questão de Ordem, do site Bahia Repórter, será iniciada com melodia, mas, claro melodia política.Como já dizia Frederico Nietz: “A vida sem a música seria um erro”.  A coluna além de noticiar informações de bastidores, também, valoriza  e resgata a história da política nacional e estadual, e, claro, resolveu compartilhar com seus leitores dois jingles que fizeram sucesso nas campanhas eleitorais da direita e da esquerda. Os candidatos – que disputavam cargos distintos , mas tinham dois pontos em comum: a inegável liderança e o carisma. Mas, claro, cada um ao seu estilo! 

“ACM, meu amor” 


ACM foi governador, senador e ministro das
Comunicações. Morreu em 2007 aos 79 anos

Nas eleições de 1990, o jingle de “ACM, meu amor” emocionou a Bahia. Até quem é mais jovem se recorda desta canção por conta dos pais ou avós – que apoiavam o político. “Você se lembra de mim”… “Eu nunca vi você tão só”, emendava o jingle que embalou a vitória de ACM naquela eleição, quando venceu Roberto Santos e Lídice da Mata nas urnas ‘analógicas’. Assista ao vídeo (👇)



ACM Neto irá regravar?

A “ACM, meu amor” – a melodia – que tem 31 anos é muito atual – e, inclusive, casa muito bem com o cenário político – que ACM Neto – tem colocado em seus discurso. É só imaginar o trecho da canção “Você se lembra de mim!?” sendo coberto com imagens de ACM Neto – ainda pequeno ao lado de seu avô. Claro que com uma edição – muito bem feita e com recursos de imagens da atualidade – traria na memória dos mais velhos e dos que seguem seus familiares – a nostalgia. Inclusive, no YouTube onde há algumas versões do jingle postadas – muitas pessoas pedem a regravação. A Coluna Questão de Ordem entrou em contato com a assessoria de ACM Neto, mas não informaram se o jingle será regravado ou não. 

Faca de dois gumes?

ACM Neto e seu avô, o ex-governador da Bahia
e ex-senador, ACM – que faleceu em 2007

Houve um burburinho que o PT quer associar ACM Neto ao seu avô para tentar enfraquecê-lo. Mas eis a questão: é inevitável não associar ACM Neto ao seu avô – já que são homônimos e, claro, Neto é um herdeiro político. Mas seria bom ou ruim enfatizar isso na campanha? ACM era odiado por uns, mas amado por muitos. Portanto, o tiro pode sair pela culatra até por que muitas eleitores, principalmente, do interior – que desconhecem os feitos de ACM Neto a frente da prefeitura de Salvador – o apoiam, por conta da herança política herdada pelo seu avô paterno. Inclusive, os mais conservadores – ainda têm admiração pelo ex-governador da Bahia e podem até achar ofensivo – já que ACM faleceu em 2007. 

“Lula lá”

Lula foi o primeiro ex-operário a se tornar presidente do Brasil, governou o país em dois mandatos (2003 até 2006, e de 2007 até 2011).

“Lula Lá” (também conhecida como “Sem medo de ser feliz”) é uma canção escrita pelo cantor e compositor brasileiro Hilton Acioli para o segundo turno da campanha presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores, em 1989 – ano em que a composição ficou popular, durante a primeira eleição direta no Brasil. (Assista ao vídeo 👇)

Reencontro de Lula com o compositor 

Lula não saiu vitorioso nas ruas, mas ao lembrar  desta canção se emocionou ao reencontrar o compositor. “ Sem dúvida, canção é uma das mais emocionantes da história do país, além da melodia, da letra ainda temos o acordeom que deu um brilho a mais na canção.  (Assista ao vídeo 👇)


“Lula lá, Wagner cá”

O ex-presidente Lula e senador e
ex-governador, Jaques Wagner

A expressão “Lula lá, Wagner cá” já é utilizada por alguns petistas no meio político. Por isso, a uma expectativa de uma regravação à campanha eleitoral . A melodia da canção e o som do acordeom podem emocionar até mesmo um democrata e quiçá um bolsonarista. Na época, a canção foi gravada pelo o trio: Gilberto Gil, Djavan e Caetano Veloso. Nos comentários do YouTube as pessoas também pedem um remake.

”Nem a candidatura ainda está definida”, diz assessoria de Lula à nossa Coluna 

Coluna Questão de Ordem entrou em contato com a assessoria direta de Lula para saber sobre uma possível regravação da melodia, e recebeu a seguinte resposta: “Não tem nenhuma discussão disso ainda”,  e acrescentou: “Nem a candidatura está definida”.

“Eu não gosto de político xingador”, diz Jaques Wagner (Veja video 👇)

O senador da república e ex-governador da Bahia, afirmou durante seu discurso nesta segunda-feira (25) em Santo Estevão – que não gosta de político “xingador”. “Eu não gosto de político xingador. Eu digo aos meus – que me acompanham: não xinguem . Quem xinga é quem não tem argumentos para conhecer as pessoas. E lembre que você tem família e quer ter sua família respeitada. Seu adversário também tem família e merece ser respeitada”, ponderou Jaques Wagner. A democracia é bonita para debater ideias e não trocar ofensas”, acrescentou Wagner para os munícipes.

Gangorra de emoções no PP

João Leão é o vice-governador da
Bahia e presidente estadual do PP

Desde o primeiro dia que foi especulada a ida do presidente Jair Bolsonaro à ala, os progressistas não tiveram um dia sequer de paz.  Uma avalanche de sentimentos rodeiam os corações progressistas – e, claro, suficientes para desestabilizar até o filiado mais tranquilo. O presidente da legenda e vice-governador da Bahia, João Leão – que é sempre muito cortês e educado com a imprensa – tem evitado dar declarações sobre o imbróglio.

PP respirou mais aliviado nesta terça-feira

Jair Bolsonaro, presidente da república,
e Valdemar Costa Neto – presidente do PL

O Bahia Repórter noticiou com exclusividade, nesta terça-feira ( 26) a ligação de Bolsonaro para Valdemar Costa Neto, presidente do PL, com intuito de negar a filiação dele ao PP. A divulgação do vídeo de Valdemar convidando Bolsonaro, os filhos e seguidores para ingressar na legenda foi por conta da segurança que o chefe do executivo passou para Valdemar sobre sua filiação partidária ao PL.

Valdemar Costa Neto pretende aumentar a bancada 

O PL – que é bem menor que o PP na Bahia – já estava apreensivo com o veto do retorno das coligações partidárias – como externou Zé Rocha. Com a possível ida de Bolsonaro, Valdemar Costa Neto acredita que fará uma bancada com 60 deputados federais.

União Brasil : Legisladores ligam o sinal de alerta

A possível articulação política do deputado federal, Zé Rocha, PL, e de outros legisladores governistas – para a legenda União Brasil – partido em formação – acendeu um sinal de alerta aos aliados de ACM Neto. Alguns políticos já temem que a procura pela União Brasil seja muito grande por conta do fundo partidário de 1 bilhão e, segundo políticos, ACM Neto – pela ânsia de chegar ao poder – acolha, sem critérios, políticos que não tenham nada a ver com a direita e ainda tenham mais votos do que seus aliados. A questão é a seguinte – após o veto do retorno das coligações partidárias – os partidos que devem fazer mais parlamentares são União Brasil e PT. Contudo, o funil para se entrar no PT é, sem dúvida, bem mais apertado.

Robinho volta a atacar o governo

O deputado estadual Robinho (PP) – que não faz mais parte da bancada do governador Rui Costa (PP) – usou a tribuna da Casa nesta terça-feira a atacar, mais uma vez, o governo. Confira o discurso na íntegra do legislador. (Assista aqui 👇)

—————————————————
*Fernanda Dourado é editora-chefe do site Bahia Repórter. A jornalista – que é formada desde 2005  – é especialista em política e já trabalhou nos principais veículos de comunicação da Bahia sempre na área política. Fernanda Dourado faz cobertura política na Bahia e nacional.

Política

Exclusivo: Com mais 900 mil seguidores, ACM Neto está entre os políticos com maior engajamento do país

Publicado

em

(Por Fernanda Dourado) 

O marketing de ACM Neto, ex-prefeito de Salvador,  nas redes sociais é, sem dúvida, um dos mais elaborados do país da classe política e deverá ser, sim, um dos cases de sucesso (estudo de casos)  nas faculdades e universidades que estudam política e mídias sociais no Brasil. Assim, como o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), se entregou durante a campanha para disputar o Palácio Tomé de Souza jogando até capoeira de calça jeans na campanha, ACM Neto, também tem abraçado a ideia de uma rede social informativa, mas interativa.

O Bahia Repórter visitou algumas páginas de políticos brasileiros (direita e esquerda) e não há como negar: a rede social do ex-gestor municipal é uma das mais profissionais, mas, também, mais humanizadas. Dessa forma, claro, consegue o  objetivo principal de uma rede social: o engajamento.

Mas o que é engajamento? 

Não é apenas o número de seguidores que interessa, mas, sim, o engajamento – que é o interesse e envolvimento dos seguidores com o conteúdo postado. A impressão ao analisar a rede social do democrata é que a coordenadora de rede, Arysa Sousa, e o ex-deputado estadual e coordenador político da campanha, Luciano Ribeiro, estão bem sintonizados – já que para alimentar uma rede social de um pré-candidato ao governo do estado é preciso também utilizar da estratégia, das informações e da agenda política. É impossível fazer uma rede de sucesso sem que não tenha sintonia com toda a equipe e, claro, com o dono da conta virtual – neste caso ACM Neto. 

Redes sociais estrategistas 

Apenas no Instagram, ACM Neto já tem 899 mil seguidores verificados, ou seja, reais. Só no Facebook, ele tem mais de 500 mil seguidores e quase 500 mil no Twitter. A título de comparação, não há na Bahia nenhum político que tem este número de seguidores. Contudo, por trás do sucesso nas redes sociais, porém, há uma forte (e inovadora) estratégia de marketing montada pela equipe de comunicação de Neto e tudo milimetricamente casado com o planejamento político.

Vídeos e edição 

De acordo com o site Cisco, em 2020 por volta de 75% do tráfego de acesso à internet pelo celular foi para assistir vídeos. A edição dos vídeos e reels ( vídeos de no máximo um minuto) de ACM Neto é muito profissional, mas ao mesmo tempo muito próxima dos seguidores. Em um vídeo de apenas um minuto ou até de 15 segundos, a equipe de Neto, usa e abusa da criatividade. 

Veja este exemplo: Um vídeo com uma gargalhada do ex-gestor e a legenda: “não gosto dele, mas ele é o cara” – chamou a atenção dos internautas com quase 1.600 comentários.


Trechos do discurso 

 A equipe utiliza muito os trechos dos discursos de ACM Nero na Bahia neste período pré-eleitoral. Mas por que utilizar estes trechos? Explico.  Há uma disparidade enorme entre um vídeo de “palanque” e um vídeo de estúdio! Obviamente que o de “palanque” além de ter o calor da emoção  há também o som ambiente, os apoiadores e a espontaneidade que jamais teremos em um texto de teleprompter (equipamento acoplado às câmaras de vídeo que exibe o texto a ser lido pelo apresentador) . Nada substitui um microfone nas mãos em cima de um palanque. São os vídeos que mais empolgam. Assista e tire suas conclusões! 



Nossa voz é nossa digital! 

O ex-prefeito utiliza de algo que é infinitamente pessoal e que ninguém tem uma igual a nossa: a voz. O gestor utiliza muito de nota coberta como chamamos no jornalismo (narração com imagens). Como ele já foi prefeito de Salvador por oito anos e ocupou os holofotes durante este período a voz dele ficou na memória e é bem utilizada. 

Legenda 

A edição é muito dinâmica e na maioria das vezes utilizam legenda. Mas por que utilizar legenda? Além da acessibilidade muitas pessoas colocam no modo silencioso, ou seja, assiste, mas não escuta. Dessa forma, quem não está ouvindo a mensagem está chegando através da leitura. 

Interação

A interação das redes sociais de ACM Neto é muito forte. Mas o que é interação? Interação é quando os seus leitores, público, fãs ou amigos respondem às suas atividades nas redes sociais ( comentários e directs). Isso acontece quando você posta algo que vale a pena comentar, cheio de valor, benéfico e útil, divertido e educativo ou, até mesmo, controverso.

Os comentários são respondidos?

O Bahia Repórter analisou as cinco últimas postagens e percebeu que apesar de ter um alto índice de engajamento os comentários não têm sido respondido. Mas qual a importância de responder ao comentário de um seguidor? Respondo. A mesma importante de cumprimentar um eleitor! Obviamente, é desumano colocar uma pessoa apenas para responder os comentários. Mas o fato é que é importante sim! Já os directs logicamente não tivemos acesso! Mas se os comentários nosso foram respondidos, os directs também nao.

Lives 

Apesar das lives terem conquistado o público em 2020 e ainda serem muito utilizada por políticos, o prefeito de Salvador, ACM Neto, ainda não utiliza com frequência, ou melhor, raramente utiliza. Durante a campanha, as lives devem ganhar ainda mais força – já que o alcance em número de pessoas é muito elevado, principalmente, para o ex-gestor que tem quase um milhão de seguidores.

Por que ACM Neto Nao utiliza as lives?

Esta resposta também não sei. Contudo, ele perde muito por não utilizar esta forte ferramenta. não sei se  por estratégia – Neto não tem utilizado esta ferramenta no insta – mesmo sabendo que lives entregam mais e engajam muito mais pelo poder de compartilhamento e, claro, pelo mecanismo do instagram de avisar aos seus seguidores que você está ao vivo! Ou seja, quando ACM Neto entra ao vivo.

Vale lembrar que devido ao fato da live não ter edição é a forma mais eficaz de gerar conteúdo e, claro, aproxima ainda mais barato político do público.



Continue lendo

Política

Bolsonaro e Rui participam da abertura de evento em Luís Eduardo Magalhães

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro e o governador Rui Costa confirmaram presença na abertura do Bahia Farm Show na próxima terça-feira (31). O evento acontecerá em Luís Eduardo Magalhães, município localizado da região Oeste da Bahia e é considerado a maior vitrine do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil.

Apesar de estarem no local no mesmo dia, as chances dos dois líderes se encontrarem é pequena, já que a presença deles deve acontecer em turnos opostos. A previsão é de que Rui participe pela manhã e Bolsonaro no período da tarde. 

O evento é encarado como uma boa oportunidade de angariar alianças para a próxima eleição, prova disso é que os três principais nomes na disputa pelo Governo da Bahia devem marcar presença. Os pré-candidatos João Roma (PL) e Jerônimo Rodrigues (PT) irão ao vento ao lado dos seus padrinhos políticos. Já a participação de ACM Neto (União) deve acontecer somente no terceiro dia de evento, na quinta-feira (2

Continue lendo

Política

Postos prosseguem com vacinação contra Covid-19 nesta quinta (26)

Publicado

em

Os postos da rede municipal de saúde de Salvador prosseguem com a aplicação da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (26), das 8h às 16h. A imunização contempla a estratégia “Liberou Geral” para aplicação da 1ª dose em pessoas com 12 anos ou mais, além da 2ª e 3ª dose para indivíduos com 18 anos ou mais, mesmo não morando em Salvador ou não tendo tomado as doses anteriores na cidade. O único requisito é ter o Cartão SUS vinculado a algum município do estado da Bahia.

O interessado deve apresentar, obrigatoriamente, original e cópia do cartão de vacina, carteira nacional de vacinação digital (ConectSUS) atualizada, documento de identificação com foto e comprovante de residência do município do Estado da Bahia.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido