Conecte-se Conosco

Política

Questão de Ordem: Duelo político entre Rui e Bruno; Bastidores da prefeitura de Salvador; Transalvador nega informações; o agronegócio e política baiana;Julgamento da eleição na Câmara; E, também,BAFLIX; Clique e leia

Publicado

em

Coluna Questão de Ordem: A imparcialidade e isenção são os maiores patrimônios do jornalismo. A coluna seguirá a mesma linha editorial do site Bahia Repórter com respeito aos citados, sigilo total das fontes – quando solicitadas, informações exclusivas, imparcialidade, apuração jornalística e histórica. Ou seja, o jornalismo como deve ser feito: com ética. Toda quinta-feira , às 6 horas, impreterivelmente, uma coluna recheada de informações. Não vá trabalhar antes de lê-la. A informação na política é uma preciosidade .

(por Fernanda Dourado)

Cadê J. Matos? O locutor oficial do governo

J. Matos

A falta de J.Matos foi sentida durante a entrega de tratores e assinaturas de convênios no Centro de Exposições da Bahia – onde atraiu 120 prefeitos, segundo o governo. A repórter Miriam Nery – que estava cobrindo o evento – disse que muitos políticos sentiram falta da famosa voz anunciando Rui Costa. “Muita gente comentando sobre a falta que ele faz. J. Matos levanta qualquer evento”, afirmou. E, francamente, este locutor realmente tem um timbre de voz empolgante! Veja no vídeo!
👇👇👇👇👇👇👇👇

Duelo político: Rui Costa e Bruno Reis

As inaugurações de obras, entregas de equipamentos e assinaturas de convênios têm sido, sem dúvida alguma, uma verdadeira delícia para os jornalistas políticos. De um lado o governador, Rui Costa, que entrou de corpo e alma na campanha do seu ex-secretário de educação e postulante ao governo, Jerônimo Rodrigues. Do outro, o tom elevado do prefeito de Salvador, Bruno Reis, que além de aliado político é amigo fiel e leal há de 22 anos do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto. As transmissões ao vivo tanto do governador, quanto do prefeito, claro, se tornaram uma dose diária de adrenalina para o jornalismo político baiano.

Ânimos exaltados!

Acha que ânimos estão exaltados? Espere até chegar mais perto da eleição. Os dois lados já deduzem que a disputa será muito acirrada!


Estratégia ou dúvida?

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, líder nas  pesquisas à disputa ao governo do estado, já afirmou que a meta agora é viajar para o interior e não tem pressa para decidir quem será o candidato a vice-governador em sua chapa majoritária. O agora secretário do União Brasil ainda analisa quem ocupará o último cargo da majoritária, mas, claro, que também, utiliza de estratégia para manter a especulação da vice nos holofotes políticos e da imprensa. Dessa forma, a chapa majoritária do ex-democrata está sempre em evidência.

“Decisões baseadas em emoções não são decisões. São instintos.”,

Frank Underwood, congressista que se tornou presidente dos Estados Unidos na série House Of Card 

Bruno Reis foi anunciado no dia de Reis 

Em 2016, o anúncio de Bruno na chapa de Neto teve a mesma morosidade. Na época, Bruno Reis comentou que desconfiou que seria ele quando Neto disse que anunciaria o nome do candidato a vice no ”Dia de Reis”.


Falando em Bruno Reis…


Comenta-se nos corredores do Poder que o prefeito de Salvador precisa urgentemente convocar à prefeitura alguém que tenha traquejo político com legisladores estaduais e municipais da base, e, claro, com as lideranças políticas – já que, segundo um político aliado, que pediu reserva, pontou que reeleição de Geraldo Júnior à presidência da Câmara evidência que é, sim, “necessário um articulador ao lado dele da mesma forma que ele (Bruno) sempre esteve ao lado de Neto”. E acrescentou: “Não basta ele ter alguém de confiança é necessário ter, também, aptidão política e trânsito no Poder Municipal e estadual. Bruno não pode articular e governar ao mesmo tempo. Na gestão dele não vejo ninguém com tino político ao lado dele. Bruno é simples, articulador e do bem. Mas tem funcionários com mais pompa que ele”, alfinetou um legislador.


Ana Paula tinha traquejo, mas não deu certo

Uma fonte afirmou à Coluna Questão de Ordem – que a Ana Paula, vice de Bruno Reis – até tentou fazer a articulação política de Bruno, mas segundo um legislador, não vingou. De acordo com o parlamentar, Ana Paula – que apesar de ter traquejo politico – não deixava os legisladores se aproximarem de Bruno além de bloquear demandas. A fonte ainda informou que a confusão teria se dado após Ana Paula ter almejado ser candidata ao Parlamento estadual! O edil ainda lembrou que foi necessário Ana Paula declarar na imprensa que não seria candidata.

Jerônimo diz que governo federal nunca enviou recursos à educação na Bahia

O ex-secretário de Educação e postulante ao governo, Jerônimo Rodrigues, afirmou que o governo da Bahia não tem recebido recursos federais, além dos que são obrigatórios por leis.  “Nós não tivemos um centavo a mais do governo federal. Não teve um programa novo. Nós sofremos muito. Tudo que estamos fazendo na educação: R$ 3,5 bilhões em infraestrutura, R$ 4 bilhões em pagamento de salário, custeio, formação de professores, é recurso do governo do estado”, disparou.

E o agro?

Nos bastidores, a afirmação é unanimidade. “O agro é Bolsonaristas, mas para o governo apoia ACM Neto”. Ainda segundo fontes ligadas à Coluna Questão de Ordem , a ida do vice-governador da Bahia João Leão, para o seio netista fortaleceu ainda mais a decisão do agro em apoiar Neto.

Por que a Transalvador cobra estacionamento até na área da igreja?

Já não basta a crise financeira, o desemprego, o preço da gasolina nas alturas e o da carne. Aí você pensa em ir à igreja para rezar para acalmar seu coração. Chegando lá você se depara uma placa. Mas não é placa de boas-vindas ou alguma mensagem que te acalme, mas, sim, a placa da Zona Azul. Várias placas no estacionamento da Igreja de Santo Antônio, localizada no bairro da Barra. O valor arrecadado irá para igreja? Com a palavra a Transalvador.

Transalvador nega informações

Será que a Transalvador conhece a Lei nº 12.527, sancionada em 18 de novembro de 2011, que regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas que é aplicável aos três poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios? Sinceramente, acho que não! O Bahia Repórter solicitou algumas informações à Transalvador há mais de 10 dias e não teve nenhum resposta sequer. O primeiro, de alguns e-mail, foi enviado dia 4 de abril. Os contatos foram sem sucesso.

BAFLIX: Na politica baiana, o enredo é real, alucinante e não precisa sequer de assinatura

Nem House Of Card – uma série política da Netflix – trouxe tanta adrenalina quanto as articulações, os embaraços e desfechos políticos da política baiana. Na Netflix – provedora global de filmes e séries de televisão – os personagens, cenários e roteiros misturam ficção com histórias reais. Na BAFLIX, não é necessário sequer desembolsar o valor da assinatura de R$ 39,90 por mês para ter uma adrenalina política. Mas esta semana foi de pausa!

Câmara Municipal do Salvador: Ministro Kassio Nunes Marques irá julgar ação que pede anulação da eleição no STF


A decisão do Supremo Tribunal Federal O União sobre a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Salvador deverá sair nos próximos dias. O partido, que tem o pré-candidato ao governo do Estado ACM Neto como secretário-geral, ajuizou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir a anulação da eleição que garantiu ao vereador Geraldo Júnior (MDB) o terceiro mandato consecutivo na Presidência da Casa. Como a ação é de uma medida cautelar deverá sair em breve. A ação será julgada pelo ministro Kassio Nunes Marques. Ele foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga deixada pelo ministro Celso de Mello, que se aposentou. 

Leveza nas chapas

O fato é: tanto João Leão, quanto Geraldinho deram leveza à as chapas majoritárias. O vice governador, postulante ao senado, e, o presidente da Câmara – que almeja ser vice-governador, turbinaram as campanhas. Um ganhou um Netinho, outro foi adotado pelo PT. Cada um ao seu estilo: “Bonitão” e “Forças Ocultas”. Ambos, se adaptaram muitíssimo bem aos novos grupos e trouxeram entusiasmo à campanhas. Isso é indiscutível!

Cortando da própria carne

Comentá-se de uma boca só que há, sim, muita ciumeira com a chegada de adesista na ala netista. Tanto legisladores estaduais e municipais, dizem: “Cortando da própria carne”.

Pedetista apoia o governo Rui

Apesar de ser do PDT, o mais novo vereador de Salvador, Randelson Leal, filho do deputado estadual, Roberto Carlos (PDT) afirmou a Coluna Questão de Ordem – que ele é, sim, “geraldista”. o pedestista ainda afirmou que é liderado por Geraldinho e seguirá orientações do presidente da Câmara Municipal. E acrescentou. “Sigo Lula, Rui, Wagner, Jerônimo e Geraldinho”, afirmou.
R

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PTB anuncia adesão a grupo a ACM Neto na BA, mas mantém apoio à reeleição de Bolsonaro

Publicado

em

Após tentativas de compor com a candidatura do ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL), para a corrida pelo governo da Bahia, o PTB anunciou, na noite desta sexta-feira (1º), a adesão ao projeto do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), para tentar ser governador da Bahia. O partido, no entanto, mantém o apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro – o ex-prefeito buscar manter o distanciamento da disputa presidencial sem se comprometer com os nomes que tentam chegar ao Palácio do Planalto.

O presidente do PTB na Bahia, Gean Prates, conduziu as negociações e agora foi nomeado presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal), integrando formalmente a administração do prefeito Bruno Reis, sucessor e afilhado político de ACM Neto. As idas e vindas com Roma incluíam a busca por indicação do candidato a vice do ex-ministro, porém as conversas não lograram êxito – Roma não garantiu o espaço para os petebistas.

“O Diretório Estadual do PTB Bahia, por seu Presidente Gean Prates, após ouvir a Executiva Estadual e o Conselho Político do partido, decidiu dar apoio à pré-candidatura do Sr. Antônio Carlos Magalhães Neto ao Governo do Estado da Bahia, razão pela qual passa a integrar as ações políticas dirigidas pela futura chapa majoritária União Brasil”, diz o comunicado, assinado por Prates.

Continue lendo

Política

Presidente do PT Bahia testa positivo para Covid-19 e não participa do 2 de Julho

Publicado

em

O presidente estadual do PT, Éden Valadares, informou, no começo deste sábado (2), que testou positivo para a Covid-19 e que vai suspender as atividades pelos próximos dias. Valadares era esperado no ato com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Arena Fonte Nova, coordenado pelo PT baiano e agendado para as 11h.

Por meio de uma postagem nas redes sociais, o dirigente indicou que um assistente dele testou positivo, o que o levou a fazer o autoteste. Valadares, no entanto, tranquilizou os seguidores: “Estou sem sintomas, tomei três doses da vacina, mas vou seguir o protocolo e suspender minha agenda pelos próximos dias”.

Continue lendo

Política

Com distância de poucos quilômetros, Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet cumprem agenda no mesmo dia em Salvador

Publicado

em

Pela primeira vez nesta corrida eleitoral, os quatro principais pré-candidatos a presidente visitarão a mesma cidade no mesmo dia: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) cumprirão agenda neste sábado em Salvador, mas em locais e horários distintos.

O aceno ao eleitorado baiano — o quarto maior do país, com 11 milhões de eleitores — ocorre no dia 2 de julho, um feriado estadual. A data é conhecida como Independência da Bahia porque foi quando os portugueses foram expulsos do estado, dez meses após a independência formal do Brasil. 

Os quatros presidenciáveis estarão em um raio de poucos quilômetros, mas não estarão juntos, com exceção de Ciro e Tebet. Os dois irão participar do tradicional cortejo cívico, que ocorre todos os anos. A previsão é que o desfile comece às 7h30, no Largo da Lapinha.

A cerca de oito quilômetros, no Farol da Barra, apoiadores de Bolsonaro começarão a se concentrar às 8h para uma motociata, que contará com a presença do presidente e do seu pré-candidato ao governo, o ex-ministro e deputado federal João Roma (PL).

Mais tarde, às 10h30, está marcado um ato com Lula na Arena Fonte Nova, a seis quilômetros de distância do Farol da Barra. Está prevista a participação do governador Rui Costa, do senador Jaques Wagner, ambos do PT, e do pré-candidato do partido ao governo estadual, o ex-secretário Jerônimo Rodrigues. 

Inicialmente, a concentração da motociata de Bolsonaro estava marcada para ocorrer nos arredores da Fonte Nova, mas o local foi alterado para evitar conflito com os apoiadores de Lula. 

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que mil policiais vão participar da segurança do cortejo, mas não divulgou se haverá um esquema específico para os locais de concentração de Bolsonaro e Lula. 

Com exceção de Lula, os outros três pré-candidatos já tiveram agendas públicas na Bahia na sexta-feira. Bolsonaro visitou obras em Feira de Santana e Maragogipe.

Globo

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido