Conecte-se Conosco

Política

Questão de Ordem: ACM Neto diz ter total confiança na vitória de Cacá Leão ao senado; Veja os bastidores da coletiva de imprensa de Leão e Cacá

Publicado

em

Coluna Questão de Ordem: A imparcialidade e isenção são os maiores patrimônios do jornalismo. A coluna seguirá a mesma linha editorial do site Bahia Repórter com respeito aos citados, sigilo total das fontes – quando solicitadas, informações exclusivas, imparcialidade, apuração jornalística e histórica. Ou seja, o jornalismo como deve ser feito: com ética. Toda terça-feira , às 21 horas, impreterivelmente, uma coluna recheada de informações. Não durma antes de lê-la. A informação na política é uma preciosidade .

Leão nega ter problemas de saúde

O vice-governador da Bahia negou em coletiva de imprensa que tenha problemas de saúde ao afirma que pode até apresentar o relatório médico. “Estou zero km”, mas que o ritmo acelerado de Neto o fez desistir – já que o piseiro e a visita a cinco municípios no dia o deixou muito cansado. Ele ainda alfinetou o governador quando disse que “aguentar a ligeireza” é fácil, mas acompanhar o “Bonitão”, ACM Neto é difícil. Veja aqui!

O piseiro de 3 km

Veja abaixo a performance de Leão acompanhado ACM Neto no piseiro!

O carisma de Leão

O carisma é mais fácil de reconhecer do que definir. Não há dúvida alguma que o vice-governador da Bahia, João Leão, tem um carisma nato. O progressista – que tem 76 anos de idade – consegue atrair os holofotes políticos e deixar a política mais leve, menos enfadonha e mais criativa neste momento de polarização. 

O Neto de Leão 

Apesar de não ser marqueteiro, o vice-governador da Bahia tem umas tiradas políticas de causar inveja a qualquer profissional da área de marketing. Quando Leão foi anunciado na chapa majoritária de ACM Neto, o progressista utilizou o sobrenome  “Neto” de ACM para dizer que ganhou um Neto, e, claro viralizou. 

“Dois Leões lutando pelo povo”

Agora que o deputado federal, Cacá Leão, irá disputar a vaga do senado no lugar do pai, Leão lançou: “Dois Leões lutando pelo povo”. Veja aqui!


Puxador de votos

A expectativa de legisladores federais é que Leão seja um puxador de votos com objetivo de fortalecer a bancada. Na última eleição que foi candidato ao Parlamento Federal, Leão obteve 204 mil votos.

Receio nas bases

Apesar do anseio por ser puxador de votos, alguns legisladores federais temem também que prefeitos acabem optando por Leão na hora do apoio. Contudo, João Leão ao responder o questionamento do Bahia Repórter, afirmou que “sempre respeitará a base política dos aliados e que, inclusive, pode até pedir votos para os colegas de partido.

Pesquisa qualitativa e troca de Leões

ACM Neto afirmou que a última pesquisa qualitativa feita pelo grupo foi quase no mesmo período desistência do senador Jaques Wagner ao governo. “De lá pra cá ainda não fizemos qualitativa”, ao afirmar que a mudança na candidatura ao senado não tem nada a ver com pesquisa e que, inclusive, ele não pediu que fizesse esta troca de Leões. Neto disse que a chapa dos sonhos era ele e Cacá Leão. O ex-prefeito ainda afirmou que “acreditava na vitória de João Leão e que acredita na vitória de Cacá Leão”.

Ciumeira no seio Netista

O fato é que o ciúmes na política é evidenciado em todos os lados. Mas na coletiva de imprensa ACM Neto fez questão de lembrar que nenhum deputado estadual foi convidado a participar apesar de serem bem-vindos, mas enfatizou, segundo ele, para não desprestigiar os outros. Dizem que a ciumenta no seio Netista é gigantesca, principalmente, após as novas adesões.

ACM Neto diz não perder um milímetro de seu tempo se não for questões relacionadas a Bahia

O ex-prefeito, ACM Neto, afirmou que não perde um milímetro de seu tempo se não for questões relacionadas à Bahia, inclusive, afirmou que resolve as questões de nacionais por telefone. “Se fosse antes em uma terça-feira, eu estaria em Brasília”, afiançou ao lembrar que está totalmente dedicado à campanha.

Cacá Leão

João Leão lembrou a trajetória política do filho e disse ter orgulho. Cacá Leão aproveitou para enfatizar em seu discurso – que desde quando assumiu o mandato de deputado federal legislou nos três governos: Dilma, Temer e Bolsonaro. O parlamentar usou o mesmo discurso de Neto ao afirmar que ajudará a governo com qualquer que seja o presidente da república. Cacá Leão foi deputado estadual por dois mandatos consecutivos e era muito bem-quisto no Parlamento estadual: pela oposição e situação! Usava a diplomacia na Assembleia Legislativa da Bahia.

Cajado e a insatisfação

A insatisfação de Cajado, deputado federal e presidente nacional interino do PP, com a decisão de substituir Cacá por João Leão na disputa pelo senado também foi lembrada na coletiva. Contudo, Cacá não deu muita ênfase e desconversou ao falar que ficará tudo bem e que Cajado é um amigo.

*Fernanda Dourado é editora-chefe do site Bahia Repórter. A jornalista – que é formada desde 2005  – é especialista em política e já trabalhou nos principais veículos de comunicação da Bahia sempre na área política. Fernanda Dourado faz cobertura política na Bahia e nacional.


Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Filho de Bolsonaro diz sofrer terror psicológico do pai e apanhar da mãe

Publicado

em

Jair Renan, quarto filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), revelou que sofre “terror psicológico” do pai e que ainda apanha da mãe, Ana Cristina Valle. A declaração foi feita na edição mais recente do próprio podcast do “04”, em que ele recebeu o cantor Negão da BL como convidado.

“Minha mãe me bate e ele [meu pai] faz terror psicológico. Eu prefiro que me bata do que faça minha cabeça, falar no meu ouvido. Aquilo que eu fico duas semanas pensando no que ele falou”, contou Jair Renan.

Segundo Jair Renan, depois que os pais se separaram, ele morou por seis anos com Bolsonaro, enquanto a mãe morava no exterior. Ele ainda relatou que, nesse período, o pai o segurava dentro de casa, não deixando que saísse. Hoje, o “04” mora com a mãe, em Brasília.

“Aqui em Brasília é até engraçado. É diferente de qualquer lugar do Brasil, aqui tem baba ovo, puxa-saco, um dando pernada em outro. Os influenciadores se matam, ninguém quer ver o outro crescer. Ainda mais por ser capital do país, cidade política, o negócio aqui é intenso”, criticou.

Continue lendo

Política

Oito pessoas são baleadas na Estação Pirajá

Publicado

em

Oito pessoas foram baleadas na Estação Pirajá, em Salvador, no fim da tarde desta sexta-feira (1º). Por meio de nota à imprensa, a CCR Metrô confirmou o episódio e disse que está apurando a ocorrência de disparo de arma de fogo. 

Ainda segundo o órgão, as primeiras informações indicam que o autor do disparo acessou o terminal de ônibus através da área externa.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Salvador, seis pessoas foram encaminhadas por meios próprios para a UPA Pirajá/Santo Inácio; uma outra vítima foi levada para a UPA de São Caetano; uma vítima veio à óbito no local. 

Continue lendo

Política

IGHB promove exposição e seminário sobre personagens do 2 de Julho

Publicado

em


Do próximo sábado (2) até o dia 8 de julho, o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) apresenta ao público a Exposição “Personagens da Guerra pela Independência do Brasil na Bahia”. O objetivo da iniciativa é proporcionar a oportunidade de conhecer de perto as imagens das pessoas que tiveram um papel decisivo no 2 de Julho e que contribuíram para a vitória na guerra que consolidou a Independência do Brasil.

Estarão expostos quadros que retratam as figuras de Maria Quitéria, João das Botas, General Labatut, Lord Cochrane, Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque (Barão de Pirajá), Antonio de Souza Lima, Encourados de Pedrão, dos autores do Hino ao 2 de Julho, Ladislau Titara e José Santos Barreto, além de Joana Angélica, a Mártir da Independência e Abadessa do Convento da Lapa.

Nos dias 5 e 6, às 17h, com transmissão pelo canal youtube.com/ighbba, um seminário vai traçar um perfil histórico de alguns dos personagens que tiveram papel de relevância no processo de conquista da Independência do Brasil, notadamente ligados à guerra que, na Bahia, consolidou a separação de Portugal. Historiadores e pesquisadores estarão reunidos para falar sobre Joana Angélica, João das Botas, Madeira de Mello, Ladislau Titara, General Labatut e Maria Quitéria. 

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Tópicos populares

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Conteúdo protegido